10 DICAS DE OURO PARA REDES SOCIAIS

As redes sociais já são parte da vida da maioria dos brasileiros.

O Brasil é o país que mais usa as redes na América Latina.

Segundo o relatório Digital in 2019, divulgado pelas empresas We are Social e Hootsuite, 66% dos brasileiros estão ativos nas redes sociais.

E esse público as usa com um viés comercial, buscando diariamente por um serviço ou produto pela internet.


Se você não sabe por onde começar ou quer melhorar o que já tem, hoje eu vou trazer 10 dicas de ouro para suas redes sociais. Confira.



1. Defina a persona;

2. Conheça as redes sociais, como funcionam e qual é o público de cada uma;

3. Escolha a qualidade em vez de quantidade;

4. Planeje-se;

5. Conteúdo relevante;

6. Imagens;

7. Crie relacionamento;

8. Programe os posts;

9. Encontre inspiração de marcas bem-sucedidas;

10. Monitore os resultados.


Já compartilhe este blog com aquele amigo que precisa destas dicas para ele poder nos acompanhar durante a semana!


1. Defina a persona;

O que é e como definir a minha persona Determinar os traços do seu público-alvo é fundamental. Você precisa saber informações como idade, gênero, localização e renda média. Isso é o mínimo.

E se já fez o seu plano de negócio, tem todos esses dados. No entanto, a persona tem um nível maior de detalhamento.


A diferença entre o público-alvo e a persona é que o primeiro contém características mais abrangentes, enquanto o segundo se caracteriza compradores reais, que vão embasar as decisões estratégicas de redes sociais.


Utilizar uma persona é uma das melhores maneiras de realizar ações bem-sucedidas. Você pode fazer pesquisa diretamente com os seus clientes, procurando conhecer quais são seus gostos, preferências, hobbies e dores.


Quer ver um exemplo?

Patrícia, classe média, brasileira, 26 anos, formada em Administração, trabalha em um escritório de contabilidade e sua renda é de 3 salários mínimos.

Mora com os pais em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

Seu hobby é sair para dançar nas boates sertanejas da cidade.

Gosta de estar sempre bem-vestida e na moda.

Esta economizando para comprar seu primeiro carro e por isso não compra produtos muito caros.

Dessa forma, fica muito mais fácil acertar as ações e saber exatamente o que seus clientes querem.


2. Conheça as redes sociais, como funcionam e qual é o público de cada uma;

Quando falamos em redes sociais, a maior parte das pessoas pensa imediatamente em Facebook. E não é para menos, essa é a rede mais famosa que existe no Brasil.

Mas existem outras redes sociais que podem ser exploradas.


O Instagram tem um nível de engajamento fortíssimo. Ou seja, por meio dele, muito mais do que likes, você pode obter envolvimento, interação e relacionamento com os seus clientes.


O LinkedIn é a maior rede social voltada para o mercado de trabalho. É ideal para interagir com os usuários, divulgar a marca e até mesmo recrutar funcionários. Para ajudar as pequenas empresas, o LinkedIn lançou uma série de guias.


O Twitter é a rede social conhecida pelo número de caracteres limitados: 280. Os usuários do Twitter são ligados em tecnologia, ciência e cinema.


O YouTube é uma rede social excelente para ganhar popularidade por meio de vídeos. Tome cuidado apenas com a qualidade da imagem e do som. Mas você não precisa de uma câmera e de um microfone profissionais, nada disso! É importante que os espectadores possam ouvir com clareza e que a imagem tenha uma qualidade legal, como não estar tremida nem embaçada. Na internet, você consegue achar umas dicas bem legais sobre como fazer vídeos para internet.


Pinterest é uma rede social em que as pessoas buscam e fornecem ideias sobre vários assuntos: moda, bem-estar, saúde, decoração, corte de cabelo, penteado, frases de inspiração, artesanato e muitas outras coisas.


Qual delas você mais usa?


3. Escolha a qualidade em vez de quantidade

Nem todas as redes sociais serão adequadas para o seu negócio e para as metas e objetivos que definiu. Por dois motivos:


Primeiro porque a maioria dos empreendedores de pequenas empresas precisa administrar as próprias redes.

Segundo, se você entendeu o propósito de cada rede social e criou perso