37% DOS BRASILEIROS SOFREM COM DOR CRÔNICA. COMO EVITAR? QUAL O TRATAMENTO?

Mulheres são a maioria dos que sofrem com o incômodo, diz o primeiro estudo nacional feito sobre o tema.

Quando uma dor deixa de ser um sintoma e vira uma doença ela é considerada crônica. Isso vale, por exemplo, para aquela dor nas costas que não larga você há meses ou a dor de cabeça que dá as caras dia sim, dia também.


É o seu caso?

Infelizmente, é também o que acontece com 37% dos brasileiros, segundo um novo estudo Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED).



Para a pesquisa, foram entrevistados, por telefone, 919 homens e mulheres de todas as regiões do país. Os resultados mostram que 42% relatam sentir algum tipo de dor e 37% convivem com o incômodo por mais de seis meses – o que faz com que ele seja considerado crônico. Estudos mundiais mostram que a incidência dessas dores varia de 25 a 45%.

Mesmo assim, a situação é preocupante. As regiões do país com mais casos de dor crônica foram Sul (42%), Sudeste (38%) e Norte (36%). No Nordeste e no Centro-Oeste, as porcentagens são de 28 e 24%, respectivamente. Em todas as áreas, o sexo feminino é o que mais costuma apresentar a chateação. “Elas têm maior variação hormonal, o que faz com que fiquem mais suscetíveis à dor. Além disso, as mulheres vão mais ao médico do que os homens, que só procuram assistência quando não conseguem mais aguentar a sensação dolorosa


A maior parte das pessoas com queixas do problema está na faixa dos 40 anos de idade. Esse dado mostra os desafios que podemos enfrentar nas próximas décadas em termos de saúde pública. Observando nossa pirâmide etária, temos mais adultos do que idosos. Daí porque há mais pessoas na fase reprodutiva com dores crônicas. Mas, se essa pirâmide inverter e ficar como a de países desenvolvidos, com mais idosos, o cenário vai mudar. E temos que estar preparados para trabalhar com esses pacientes .


Como prevenir

A dor crônica pode se dar de muitas formas. Entre as mais comuns estão as dores de coluna, especialmente nas regiões lombar e cervical. O sedentarismo, esforço físico exagerado e má postura, principalmente ao usar laptops, tablets e celulares são as principais causas dessas encrencas.


Para evitá-las, é recomendável praticar atividade física regularmente e evitar passar muito tempo nessas telas. Quando ereta, a cabeça de um adulto pesa 7 quilos, em média. Inclinada a 60 graus, como acontece durante o uso dessas tecnologias, ela passa a pesar 27 quilos. Prefira também computadores de mesa para trabalhar e evite levar notebook e celulares para a cama ao deitar.


Se o que incomoda você é a dor de cabeça, evite exagerar nos analgésicos. Abusar de remédios sem orientação médica pode ser um agravante.

Outras práticas que afastam dores em geral são alimentação saudável e equilibrada, sono de qualidade e fugir de hábitos como o tabagismo.


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins #onefisioterapia #gestaoemsaude #crossfisio #metodologiaone #fibromialgia #dornascostas #herniadedisco #dordecabeça #artrose #tendinite #ciatico #pilates #quiropraxia #fisioterapia #coluna #joelho #quadril #ombro #ribeiraopreto #curitiba #torcicolo #dorcronica #doraguda #educacaoemdor #fisioterapiaesportiva #cirurgiadecoluna #dornopescoco #homeoffice

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate