O QUE É ARTROSE NO OMBRO?

Atualizado: Mai 24

A artrose no ombro é o quadro clínico provocado pelo desgaste da cartilagem da articulação do ombro. O termo osteoartrose do ombro, refere-se ao desgaste da glenohumeral, mas a articulação acromioclavicular também pode ser afetada por desgaste e, assim, também ser sede de artrose.



A artrose no ombro pode afetar apenas um ombro ou os dois, consoante a etiologia que lhe está subjacente.


Causas

As causas de artrose do ombro são variadas, mas semelhantes às que ocorrem em outras articulações do corpo humano.

É classificada como primária ou essencial quando resulta de alterações degenerativas associadas com a idade.

A artrose do ombro pode também ser secundária a outras patologias como roturas da coifa, lesões traumáticas (fraturas da cabeça umeral ou da glenóide, luxação e instabilidades da glenoumeral), patologia reumatica, necroses da cabeça umeral, entre outras.



Diagnóstico

O diagnóstico desta afeção ortopédica faz-se pela clínica (queixas do doente e exame físico efetuado pelo médico) e confirma-se pela realização de exames auxiliares de diagnóstico como o Raio X (RX) em incidências específicas para o ombro, Tomografia Axial computorizada (TAC) e Ressonância Magnética (RM).


Sintomas

A artrose no ombro origina os seguintes sintomas:

  • Dor no ombro de carácter mecânico, isto é, que agrava com os movimentos e alivia com o repouso;

  • Crepitação e rigidez articular com diminuição da amplitude de movimentos;

  • Diminuição da força muscular e impotência funcional com atrofia muscular da cintura escapular.

A artrose acromioclavicular origina sintomas que se situam na região superior do ombro, com dor à compressão local ou à adução do braço em antepulsão. É, por vezes, visível em casos de artrose hipertrófica, uma tumefação nesta zona devido à presença de edema e osteófitos.

Embora a artrose essencial ou primária seja resultante de alterações degenerativas, habitualmente associadas com o processo de envelhecimento, estas alterações podem ser agravadas pelo desempenho de atividades laborais de repetição com cargas pesadas; prática de desportos de contacto ou outros que envolvam levantamento de pesos (ex: halterofilismo; musculação; etc).


Tratamento

Na artrose no ombro, o tratamento passa pelo tratamento conservador com recurso a medicação analgésica e anti-inflamatória e, associadamente, Fisioterapia à articulação afetada. Se este tratamento para artrose no ombro não for suficiente para o controle da doença, então poder ser necessário fazer cirurgia.


Exercícios indicados

A evolução da artrose no ombro poderá ser evitada com o recurso a exercícios específicos para o alongamento das estruturas envolventes da articulação, assim como reforço dos músculos do manguito rotador.

Se efetuar regularmente este tipo de exercícios, a função articular é mantida por mais anos e preservada a qualidade de vida do paciente.


Fisioterapia

Uma das formas de tratar a artrose no ombro é com recurso da fisioterapia. Esta deverá ser individualizada em função da idade do doente, grau de evolução da doença e nível de atividade e profissão que desempenha.

A artrose do ombro condiciona, por vezes, um quadro álgico importante assim como limitação funcional pelo que, o tratamento fisioterapêutico se deverá centrar nestas duas vertentes: o controle da dor através de aplicação de gelo e outros meios físicos disponíveis em clínicas especializadas, e a melhoria da amplitude articular e força muscular com a execução dos exercícios acima referidos.

Só após avaliação é que o protocolo de Fisioterapia (além da frequência, duração e intensidade das sessões) será definido e posteriormente aplicado pelo seu Fisioterapeuta de ombro.


Ácido hialurônico

Embora a sua aplicação na articulação do ombro não esteja tão estudada e divulgada como acontece, por exemplo, com a artrose do joelho, existe já evidência clínica, comprovada por bibliografia especializada, que a injeção intra-articular de ácido hialurônico no ombro com artrose, poderá ter efeitos benéficos e ajudar no controle da sintomatologia.

4,949 visualizações

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate