O QUE É STORYTELLING

O que é?

Storytelling é a habilidade de contar histórias utilizando enredo elaborado, narrativa envolvente, e recursos audiovisuais. A técnica, cujo caráter é persuasivo, ajuda a promover o seu negócio e a vender seus serviços de forma indireta. Pode ser aplicada na produção de conteúdo, em vendas e em consultorias.


A definição que se costuma dar é que storytelling é a prática de se contar uma boa história. E este “boa”, na imensa maioria das vezes, quer dizer relevante. Ou seja, uma história que consiga reter a atenção do interlocutor – esteja ele onde estiver – e que, de preferência, marque-o, fique em sua memória.



Qual o objetivo do storytelling?

Storytelling é a capacidade de contar histórias de maneira relevante, onde os recursos audiovisuais são utilizados juntamente com as palavras.

O storytelling é muito utilizado no Marketing e na Publicidade. A ferramenta se destaca pela capacidade de estreitar a relação entre uma marca e o seu consumidor final.


Os principais benefícios de usar storytelling em seu conteúdo são:

  • Inspirar pessoas no sentido de uma meta acordada

  • Explicar quem somos, de onde viemos e em que acreditamos

  • Estabelecer meta e visão de futuro

  • Estimular a inovação e a criatividade

  • Ensinar lições importantes

  • Mostrar soluções de problemas

  • Formar culturas e valores


11 técnicas de como fazer storytelling


1. Reúna informações sobre sua marca

Antes de começar a criar histórias, o primeiro passo de como fazer storytelling é reunir o máximo de informações sobre a empresa.

Pesquise sobre a sua fundação, quais eram as visões iniciais, histórias que marcaram a jornada do negócio, datas importantes, etc.

Esse material é a base de um storytelling autêntico e original com o qual as pessoas irão se relacionar e acreditar.

As informações vão servir de referência para textos do blog ou para as redes sociais, vídeos institucionais, exemplos em e-books, campanhas especiais, discursos em eventos e muito mais.

Quanto mais informações você tiver e quanto mais consistentes forem esses dados, melhor será seu storytelling.


2. Concentre-se na ação

Outra técnica importante de como fazer storytelling diz respeito a maneira como você vai usar as informações que você reuniu.

As histórias precisam ser dinâmicas, mostrar a ação e o seu desenvolvimento. E não apenas de um personagem só. Afinal, uma empresa é um time e sentir-se parte de uma história interessante é o que faz as pessoas pararem para ouvi-lá.

Por isso, quando usar o storytelling nas narrativas da sua marca deixe claro as motivações dos personagens, suas ideias, o que fizeram e as contribuições dos envolvidos para chegar ao objetivo final.


3. Foque nas partes mais relevantes

Além de contar histórias atraentes, como fazer storytelling é também saber o que dizer para sua audiência.

Por isso, independentemente do meio escolhido para transmitir a mensagem — texto, vídeo ou áudio —, seja objetivo e foque nas partes relevantes para a narrativa.

Cada ação vai ter um objetivo. A partir dele, pense no que pode reforçar a história e mais: em como você pode recontá-la, sem deixar as pessoas com a aquela sensação de “já ouvi isso antes”.

A dica para não ser repetitivo ou “encher linguiça” na hora errada é adequar o storytelling ao meio.

Por exemplo: um texto para blog pode ter mais detalhes. Já um vídeo precisa ser dinâmico, ágil e ser direto ao ponto.


4. Adeque a mensagem ao meio

Para criar uma história atraente e cativante, use as características do meio a favor da sua narrativa.

Os recursos textuais vão valorizar as histórias escritas, assim como os recursos de edição audiovisual serão essenciais nos materiais em vídeo ou áudio.

Com esses detalhes em mente, o processo de como fazer storytelling consegue ser mais assertivo e a mensagem soa mais natural.

Algumas dicas para acertar nos conteúdos de áudio e vídeo são:

pense no volume e no tom da voz do narrador;

nos vídeos, lembre-se que o rosto também é parte da mensagem;

valorize o contato visual;

use as mãos e os gestos para criar a linguagem corporal;

crie um ritmo de fala equilibrado e pausado.

Para os conteúdos em texto fique atento a:

divisão do texto: prefira parágrafos e frases curtas, formate listas em tópicos;

use a pontuação adequada;

dê no ritmo da história.


5. Dê ritmo para suas histórias

Um bom storyteller sabe cativar a audiência tanto com um bom assunto para sua história quanto no ritmo que imprime à narrativa.

Na hora de fazer um storytelling pense na sequência de fatos da história para criar um ritmo que incentive as pessoas a acompanhá-la.

Crie momentos de tensão, reviravoltas para marcar os momentos da história e fazer as pessoas se identificarem.

Conhecer o perfil de público da sua marca é importante para usar estratégias que vão dialogar com os seus interesses.


6. Aproxime as pessoas da sua história

Ao selecionar os principais fatos sobre a sua marca, não inclua apenas os momentos bons, conte também sobre os erros, os caminhos pelos quais eles levaram a jornada da marca e como esse cenário mudou.

As pessoas querem conhecer a jornada e não só os resultados. Quer seja a narrativa de uma campanha ou uma apresentação da empresa em um evento, aproxime as pessoas da sua experiência.

Essa identificação associada a outras técnicas de persuasão em vendas trazem excelentes resultados.


7. Use a emoção para se aproximar do seu público

A emoção é uma das técnicas mais eficientes de como fazer um storytelling de sucesso. Através delas criamos conexões com as pessoas e, inclusive, com as marcas.

Contar histórias com emoções também nos conecta com o lado humano. Por isso, marcas com narrativas genéricas e focadas 100% em vendas enfrentam muito mais dificuldades de atrair prospects do que outras que conseguem unir o discurso de vendas com uma emoção corresponde ao produto ou serviço.


8. Estabeleça um conflito

O conflito no processo de como fazer storytelling é o gatilho que vai conduzir todo o fio da história.

Dessa forma, se sua marca trabalha com um produto ou serviço, existe um conflito ou tensão prévia que o faz ser necessário para resolver a situação.

Explorar esses pontos ajuda a criar a conexão emocional da qual falamos acima, o que torna o storytelling mais crível.

E claro: você deve trabalhar os materiais de marketing de forma que o cliente chegue na solução para o seu problema.


9. Inspire-se nas jornadas clássicas

Como fazer storytelling é um processo desafiador na prática. Mas você precisa começar para afiar suas técnicas.

Uma dica para não errar é apostar nas jornadas clássicas para criação de histórias. São padrões reconhecíveis, mas se bem trabalhados chegam ao ponto esperado.

Alguns exemplos de storytelling com jornadas de histórias clássicas são:

  • a jornada do herói;

  • a viagem ou a missão do tipo aventura;

  • a conquista pessoal;

  • os eventos de um determinado período.


10. Tenha continuidade na sua história

Uma narrativa de storytelling também deve ter início, meio e fim. Essa divisão é uma forma de orientar a sucessão dos fatos e garantir uma continuidade lógica para a história.

O início precisa ter um conflito que sirva de gancho para o desenvolvimento da história, o que vai prender a audiência. O meio deve entreter e delinear o caminho que vai levar aos resultados que vão fechar a história e servir de call to action (chamada para ação).


11. Crie narrativas visuais

A última dica de como fazer storytelling é tornar a narrativa visual até quando você estiver construindo um texto. O objetivo é fazer o público visualizar a história em suas mentes.

A história pode ser localizada em um cenário que pode ser descrito, destacando suas características principais.

Os sentidos podem ser explorados para criar conexões, mostrar e expressar as emoções dos personagens.

Por fim, as imagens entram como forma direta de mostrar a história exatamente como você imaginou com as cores, elementos e movimentos através de desenhos, infográficos, vídeos, etc.

Agora que você tem um passo a passo pode começar a colocar em prática como fazer storytelling da sua marca.


Espero que tenha gostado das dicas de hoje, e se você tem uma empresa, um escritório ou se você é um profissional da área da saúde e quer mais resultados nas redes sociais, quer melhorar a gestão do seu negócio, quer vender mais ou quer simplesmente aprender mais sobre Empreendedorismo, Gestão, Marketing Digital, Branding e Organização Pessoal, tanto aqui no meu blog quanto no meu instagram e no meu canal do YouTube eu posto todos os dias alguma dica bem bacana como essa que você acabou de ler.

Mas se você não encontrar o que deseja, pode me mandar uma mensagem clicando aqui que eu farei questão de produzir um texto e um vídeo bem bacana para te ajudar.


#giulianomartini #gestaoemsaude #gestaopessoal #gestaodenegocios #mentoriadenegocios #empreendedordesucesso #branding #posicionamento #autoridade #branding #socialmedia #perfilestrategico #planejamentopessoal