SÍNDROME DO TRATO ILIOTIBIAL (TIT) DOR NO QUADRIL, JOELHO E NA COXA - COMO TRATAR E ELIMINAR A DOR?

Atualizado: Ago 28

A síndrome do trato iliotibial (TIT) consiste em uma lesão inflamatória aguda que acomete, principalmente, atletas que praticam esportes envolvendo flexões repetidas dos joelhos. O trato iliotibial é uma banda de tecido fibroso encontrada na parte lateral da coxa se estendendo até a tíbia. É o ponto de inserção de importantes músculos do quadril. Essa síndrome pode ocorrer em virtude da sobrecarga no TIT durante atividades como corrida, caminhadas, etc. A síndrome do trato iliotibial é uma das lesões mais comuns em joelhos de esportistas.



Causas

A síndrome do trato iliotibial é considerada uma das lesões mais comuns em atletas como corredores e ciclistas. Geralmente, durante atividades esportivas pode ocorrer uma fricção excessiva da banda de tecido fibroso sobre o epicôndilo lateral do fêmur, principalmente quando há desarranjos biomecânicos e encurtamento muscular, causando dor e inflamação na região lateral do joelho. Umas das maiores características dessa síndrome é sua causa por “excesso de atividades” e o problema surge mais quando os joelhos são arqueados para fora, quando os tênis do atleta estão mais gastos do lado externo ou quando a atividade física é praticada em terreno angulado. A má postura durante a prática de alguma atividade física também favorece a STIT, é o caso do mau posicionamento na bicicleta enquanto pedala, por exemplo.


Sintomas

O início da síndrome do trato iliotibial é manifestado com dor na face lateral do joelho. Quando a pessoa realiza algum esforço físico repetitivo, a dor tende a aumentar. Outros sintomas incluem hipersensibilidade na região lateral do fêmur, próximo ao joelho e dor em queimação quando a região é palpada associando flexão e extensão do joelho. Essa dor pode ter início após o atleta percorrer longas distâncias e se intensificar, até que seja impedido de correr. Em estado mais avançado, a dor também pode irradiar para a face lateral da coxa e para a face lateral da perna.



Diagnóstico e exames

O diagnóstico da síndrome do trato iliotibial é feito através de exames. Testes irritativos e de flexibilidades muscular para identificar o foco da dor devem ser realizados. O diagnóstico pode ser comprovado com dor ao movimentar o joelho em flexo-extensão sem ou com apoio de um dos membros no chão (unipodal). Muitas vezes, os atletas vão apresentar dificuldade ou incapacidade de realização de saltos.



Tratamento

O tratamento é baseado no controle da dor e melhora da sobrecarga, abordando condutas fisioterapêuticas analgésicas como gelo (crioterapia), técnicas de alongamento e liberação miofascial. Além disto, após alívio parcial ou total dos sintomas, uma avaliação biomecânica deve ser feita, objetivando um melhor alinhamento de todo o membro inferior durante a prática da atividade física. Na maioria dos casos, um protocolo de fortalecimento muscular seguido de técnicas analgésicas e de liberação miofascial podem resultar em resolução completa do quadro em algumas semanas.


Já sabe né! Tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores .


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins #onefisioterapia #dornascostas #dornoquadril #herniadedisco #tratoiliotibial #ciatico #artrose #dornojoelho #fibromialgia #dornoombro #pilatesribeiraopreto #quiropraxiaribeiraopreto #fisioterapiaribeiraopreto #pilatescuritiba #quiropraxiacuritiba #fisioterapiacuritiba

277 visualizações

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate