TIPOS DE PISADA: QUAL O CALÇADO CORRETO PARA CORRER

UMA MÁ ESCOLHA PODE GERAR LESÕES OU DORES Há quem chame de sapatilhas e há quem chame de tênis. O que importa mesmo é saber escolhê-los, visto que são as peças mais importantes do equipamento de corrida. Segundo a American College of Sports Medicine, 85% dos praticantes não usam o calçado certo. O que calçamos para correr tem impacto no conforto, no desempenho e sobretudo na saúde. Lesões, tendinites ou dores nos joelhos, quadril ou costas podem revelar que você não está usando o calçado adequado.



NEUTRO, PRONADOR OU SUPINADOR São estes os 3 tipos de pé e um critério central na escolha dos tênis certos, sobretudo se pratica regularmente ou participa em provas de corrida. Está tudo relacionado com a forma como pisa o chão e que influencia o equilíbrio, as zonas em que apoia o peso do corpo, logo o conforto e risco de lesões. Um pé pronador tende a apoiar-se no lado interno, o supinador assenta no lado externo e o neutro ao centro. Se observar as solas de uns tênis usados pode ter uma ideia, mas é possível fazer um teste biomecânico em clínicas de Podologia para avaliar o tipo de pisada.


VEJA AS DIFERENÇAS O calçado deve ser adequado à modalidade e ao tipo de piso em que irá praticar. Em asfalto prefira uma sola que amorteça bem o impacto, já que este é prejudicial às articulações, circulação. Se o terreno for irregular valorize a aderência ao solo para evitar quedas. Em regra, o calçado de corrida têm um reforço na zona do calcanhar para amortecer impacto e são flexíveis na zona dos dedos para facilitar o movimento. Já o calçado de caminhada, por exemplo, é reforçado no calcanhar e na zona metatársica, e mais rígido na parte da frente.


O MODELO IDEAL As sapatilhas certas devem ser leves, compostas por materiais que permitam ao pé respirar e respeitar o formato do pé. Não se deixe tentar por designs apelativos como o “ampulheta” que fazem parecer o pé mais magro, se tem um pé largo. “Ouça” o seu corpo. Segundo investigadores canadianos, o conforto é indicador principal do par perfeito. Experimente os novos ténis ao final do dia, quando o pé está mais cansado e dilatado, logo mais sensível ao verdadeiro conforto.


FAÇA O TEST-DRIVE Na loja, experimente o calçado com as meias que usa para correr e calce os dois pés. Regra geral, os pés não têm exatamente o mesmo tamanho e convém orientar-se pelo maior na hora de comprar um par novo. Certifique-se de que o pé não está apertado e que os dedos podem mover-se e abrir livremente (deixe um centímetro livre a seguir ao dedo grande). Teste vários pares, caminhando pela loja e simulando os movimentos da corrida. Se o modelo lhe assentar como uma luva pode adquirir 2 pares para alternar o uso e, desta forma, prolongar a sua duração.


SABIA QUE... Segundo os especialistas, o calçado de corrida deve ser trocado após 600 km de uso, o que equivalerá a cerca de 6 meses, se correr, em média, meia hora por dia, 3 a 4 vezes por semana. 


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!


#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #ribeiraopreto, #curitiba, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba, #crossfit, #dornopescoço, #alongamento, #cervicalgia, #cirurgiadecoluna, #herniadedisco, #artrose, #bicodepapagaio, #terapiamanual, #estenose, #torcicolo

4 visualizações0 comentário

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate