DOR NAS

COSTAS

Quem somos?

Uma equipe de fisioterapeutas apaixonados pelo o que fazem. 

O nosso grande objetivo é mais do que tratar sua coluna, nós queremos te devolver qualidade de vida, permitindo retomar a independência necessária para voltar a fazer tudo aquilo que você abandonou ou está deixando de fazer (passear, curtir a família e amigos, seu esporte favorito e até trabalhar) por conta da dor. 

Aqui você encontra profissionais que se preocupam de verdade com o seu bem-estar. Você está bem perto de recuperar o tempo que perdeu se limitando pela dor.

Atendimento personalizado e sem cirurgia para lesões ortopédicas.

Já são mais de 2 mil pessoas tratadas com sucesso e que vivem hoje SEM DOR!

Nossos profissionais são selecionados criteriosamente, com especializações indispensáveis na área da Fisioterapia e um processo contínuo de reciclagens científicas. Esse investimento todo é para garantir o conceito exclusivo de atendimento que prezamos. Nosso grupo investe assiduamente em inovação para proporcionar o avanço da área e de nossas condutas clínicas. 

 

Desde o contato inicial do paciente com um de nossos profissionais, enfatizamos a personalização do nosso tratamento, de acordo com as necessidades individuais apresentadas. É muito importante que você entenda a bandeira que levantamos: aqui nenhum paciente é tratado de forma padrão.

Precisamos avaliar cada quadro e direcionar nossos procedimentos de uma maneira muito específica. Isso é o que proporciona a assertividade em nossas condutas com altas taxas de sucesso nos tratamentos. 

 

Consulta inicial detalhada

Avaliamos criteriosamente o seu quadro e histórico antes de realizar qualquer procedimento.

Utilizamos tecnologias avançadas para auxiliar nos protocolos de tratamento.

 

Conduta exclusiva de tratamento

Através de importantes pesquisas científicas, desenvolvemos uma abordagem clínica diferenciada que garante maior assertividade nos tratamentos e chances praticamente nulas da volta da dor.

 

Você quer viver SEM DOR?

A gente pode conquistar isso para você!

Muitas pessoas estão desanimadas por investirem em diferentes ofertas de tratamento sem resultado, mas a nossa equipe deseja proporcionar a você uma experiência completa e eficaz de atendimento, sem os riscos de recidivas, que é a volta do problema após a conclusão de todo o tratamento.

 

Quem procura nossos serviços

  • Pessoas sedentárias que fazem pequenas atividades e acabam sendo afetadas pela dor nas costas.

  • Portadores de lombalgias, cervicalgias, torcicolo, Hérnias de disco, Escoliose, Bico de Papagaio, Artrose, Estenose, Abaulamentos e Protrusões discais.

  • Idosos com quadros degenerativos, com artrose, mas que não querem operar, e buscam um tratamento conservador.

  • Atletas de alto rendimento em casos como: lesões por sobrecarga, traumáticas ou desgastes.

  • O “atleta de final de semana” que possui lesões ligadas à prática de esporte amador.

 

O que é dor nas costas?

A dor nas costas é uma das maiores queixas entre a população não só brasileira, como também mundial. Vários estudos já comprovaram que pelo menos uma vez na vida todas as pessoas terão dor nas costas. 

 

Esta dor pode aparecer na vida das pessoas de várias formas, entre elas: leve ou intensa e rápida ou constante. Dependendo da forma que essa dor nas costas, também chamada por dorsalgia, aparece ela pode ser extremamente dolorosa e debilitante como também momentânea e leve. Isso tudo vai depender da origem da dor nas costas. 

 

Além disso, ela também pode permanecer em um só lugar ou deslocar-se e até mesmo espalhar-se para outras regiões. 

 

Existem várias causas e fatores para que uma pessoa apresente dor nas costas. 

Além disso, há também vários tipos de dor nas costas que pode ter origem na coluna, nos músculos, nas articulações nos nervos e em outros lugares, como, por exemplo, nos rins e nos pulmões. 

 

Muitas pessoas perdem a sua qualidade de vida e o seu bem-estar devido ao fato de terem que conviver diariamente com dor nas costas. Isso compromete todas as suas atividades além de gerar um grande incômodo. 

 

Para que você, tendo ou não dor nas costas, se informe mais sobre assunto e entenda suas causas, fatores e também formas de tratar e de ter mais alívio, separamos diversas informações! Acompanhe o nosso Guia Completo: Tudo o que você precisa saber sobre dor nas costas.

Como é a coluna vertebral?

A coluna vertebral é a principal estrutura de sustentação das costas, ela apresenta uma série de ossos que são chamados de vértebras. As vértebras são divididas em 4 regiões, entre elas: cervical, torácica, lombar e sacro, além disso, há o cóccix, ponta final da coluna. 

A coluna vista de frente e de costas deve ser sempre ereta, se ela estiver curvada é sinal de alteração indevida, como também,  de má postura. Além disso, entre as vértebras há os importantes discos vertebrais, principal estrutura que permite a mobilidade das vértebras,  e são esses o que sofrem os principais danos pelo estilo de vida moderno. Esses discos variam em tamanho, espessura e formato e sofrem vários tipos de desgastes com o tempo. Ao longo do envelhecimento humano é normal que os discos vertebrais sofram desgastes e as pessoas de mais idade sentem mais dor nas costas, mas como o homem tem um estilo de vida muitas vezes sedentário, com má alimentação e também com tabagismo, com desequilíbrio alimentar, com postura errada, sobrepeso e trabalho repetitivo, esse desgaste pode ser intensificado, gerando dor nas costas em idade jovem também.

 

Grupos de riscos para dor nas costas

Como dito, vários estudos indicam que pelo menos uma vez na vida uma pessoa terá dor nas costas, mesmo com essa alta incidência de dor nas costas, há alguns grupos de pessoas que podem ter uma maior probabilidade de ter dor nas costas, elas são:

Se você se encaixa em um desses grupos, você tem mais probabilidade de ter dor nas costas. Portanto, procure especialistas para lhe auxiliar na mudança desses hábitos e aprimorar sua qualidade de vida. Prevenir é sempre a melhor opção, e a mais barata também. 

Tipos de dor nas costas

Como dito acima existem vários tipos de dor nas costas. Aqui nós vamos exemplificar os tipos de dor nas costas mais comuns, entre eles estão: dor nas costas no lado direito ou no lado esquerdo, dor nas costas ao respirar, dor nas costas e nos rins, dor nas costas que irradia para as pernas, dor nas costas com aperto no peito, dor no meio das costas e dor na parte de cima das costas. Veja abaixo:

 

1. Dor nas costas no lado direito ou no lado esquerdo

Geralmente esse tipo de dor é por causa de lesão muscular, ou por manter uma posição incorreta por longas horas por dia. Esse tipo de dor tem a sensação de ser um peso local.

 

2. Dor nas costas ao respirar

Geralmente esse tipo de dor tem relação com o pulmão, podendo mostrar que o seu peito está congestionado. Para isso é precisa avaliar quais são os seus outros sintomas.

 

3. Dor nas costas e nos rins

Se você está sentindo dor nas costas, mas perto da região dos rins, pode ser uma cólica renal, e precisa ser investigado. Fique atento se você sentir também mais dor nas costas ao urinar.

 

4. Dor nas costas que irradia para as pernas

Esse tipo de dor pode ser pela compressão do nervo ciático na região final da coluna, ela também provoca formigamento e dificuldade de locomoção.

 

5. Dor nas costas com aperto no peito

Essa dor nas costas é bem perigosa e pode significar problemas de saúde sérios, ainda mais se há mal-estar e enjoos.

 

6. Dor no meio das costas

Esse tipo de dor pode indicar problemas de coluna como hérnia de disco. Esse tipo de dor pode piorar ao se mexer ou ficar muito tempo na mesma posição. 

 

7. Dor na parte de cima das costas

Esse é um tipo bem comum de dor, e é reflexo de um contratura muscular. Ela pode ter origem em diversos fatores do dia a dia. 

 

Principais Causas para dor nas costas

A dor nas costas  podem apresentar várias causas, se você sente dor nas costas, você deve entrar em contato conosco, pois algumas das causas são mais simples e outras são doenças graves e que precisam de tratamento. Entre as principais causas para dor nas costas estão:

 

  1. Exercícios praticados errados

  2. Hérnia de disco

  3. Má postura

  4. Sedentarismo

  5. Desvios na coluna

  6. Fibromialgia

  7. Quedas

  8. Estresse

  9. Infecção da coluna vertebral

  10. Inflamação  do nervo ciático

  11. Artrose

  12. Lombalgia

  13. Osteoporose

  14. Envelhecimento da coluna

Abaixo vamos detalhar cada uma dessas causas.

 

Causas mais comuns para dor nas costas

Exercícios praticados errados

A prática de exercícios errados é a principal causa de dor nas costas, para evitá-la é fundamental que você busque ajuda de um profissional e que também não exceda os seus limites. Exercícios são importantes, mas devem ser praticados com equilíbrio.

 

Hérnia de disco

Outra causa bem comum para dor nas costas é a hérnia de disco. Ela ocorre quando o disco intervertebral se desloca e sai para fora da coluna, causando uma grande desconforto.  

 

Má postura

má postura é outra causa para dor nas costas, já que quando não respeitamos as posições corretas para o conforto da coluna vertebral, acontece o desconforto e a dor. Tente ao máximo manter boas posturas ao andar, quando sentado na frente do computador e também ao dormir.

 

Sedentarismo

sedentarismo, além de ser um fator de risco, é também uma causa. Viver uma vida sedentária traz muitos malefícios à saúde e a dor nas costas é um deles.

 

Fibromialgia

fibromialgia é uma doença grave que acontece principalmente entre as mulheres. É uma doença que causa dor, não somente, nas costas, como também, no corpo todo. Ela pode ter vários causas.

 

Quedas

Sofrer uma queda também pode gerar dor nas costas, ainda mais se houver danos aos ossos e aos músculos. Essa é uma causa pontual, mas que pode levar a várias consequências.

 

Estresse

estresse tem conexão com a dor nas costas já que os hormônios do estresse causam tensão muscular, o que pode levar a dor nas costas como também no pescoço. Essa causa é bem comum nos dias de hoje.

 

Infecção da coluna vertebral

Vários microrganismos podem causar infecção na coluna vertebral, eles geram, entre um dos sintomas da infecção, dor nas costas.

 

Inflamação nervo ciático

nervo ciático é um dos maiores nervos do organismo, ele se inicia no final da coluna vertebral e chega até a região dos joelhos, quando ocorre a inflamação desse nervo um dos sintomas é dor na região inferior das costas.

 

Artrose

artrose na coluna é um desgaste na cartilagem das articulações das vértebras, esse desgaste gera muito desconforto e dificuldade de movimentar as costas. Essa causa é mais comum em pessoas com idade avançada.

 

Lombalgia

A lombalgia está também entre as causa mais comum de dor nas causas, ela acontece quando a pessoa ignora por muito tempo as suas dores nas costas até que sua coluna trava completamente para evitar que a pessoa sinta ainda mais dor.  Existem dois tipos de lombalgia a crônica e a aguda.

 

Osteoporose

osteoporose é uma doença que provoca extrema fragilidade dos ossos e com isso aumenta a possibilidade de fraturas. Essa doença também pode levar a sintomas de dor nas costas.

 

Desvios na coluna

Os desvios na coluna estão entre as causas mais comum para dor nas costas, há três tipos de desvios na coluna, entre eles:

 

Envelhecimento da coluna

Por fim, outra causa bem comum de dor nas costas é o envelhecimento da coluna, a qual desgastada fica mais sensível as dores como também mais delicada.

Fatores de riscos para dor nas costas

Além das causas da dor nas causas, há alguns fatores no seu estilo de vida que podem favorecer o surgimento de dor nas costas, entre eles estão:

 

Sedentarismo

Se você é uma pessoa que NÃO realiza práticas de exercícios por pelo menos 30 minutos diários, você provavelmente terá mais dor nas costas. Os exercícios são importante tanto para fortalecer os músculos como mantê-los saudáveis.

 

Envelhecimento

Isso ninguém pode evitar, quanto mais velhos ficamos, mais tendências temos em apresentarmos dores nas costas.

 

Tabagismo

O hábito de fumar aumenta predisposição de dor nas costas, por isso se você fuma, você pode apresentar mais dor na região.

 

Desequilíbrio alimentar

Se você não mantém uma alimentação saudável, você também pode apresentar maiores chances de dor nas costas.

 

Postura errada

Se você não sabe manter uma postura correta, você pode ter dor nas costas. Para as atividades mais simples do dia a dia, precisamos ter uma boa postura.

 

Sobrepeso

Excesso de peso também cria um desgaste maior na coluna vertebral o que pode levar a dor nas costas.

 

Trabalho repetitivo

Ter um trabalho que exige realizar movimentos repetitivos também pode gerar mais dor nas costas.

Diagnóstico de dor nas costas

Como visto acima, é fundamental buscar ajuda para entender o real problema por trás de sua dor nas costas. Nosso Fisioterapeuta irá te questionar sobre o seu estilo de vida, para ver se você apresenta os fatores de riscos.

 

Perguntas para diagnóstico de dor nas costas

Para ajudar nosso Especialista a fazer um diagnóstico preciso da sua dor você deve ter em mente informações sobre a frequência, localização e intensidade da sua dor nas costas. Você também deverá pensar em outras respostas tais como:

  1. Em qual lado você sente dor nas costas?

  2. Como é a dor nas costas? Cortante, latejante ou queima?

  3. Quando você começou a sentir dor nas costas?

  4. Você sofreu algum acidente nos últimos dias?

  5. O que te faz iniciar a ter dor nas costas?

  6. Você já teve dor nas costas antes?

  7. Por quanto tempo você costuma ter dor nas costas?

  8. Você tem dormência e formigamento?

  9. O que piora a dor nas costas?

  10. O que melhor a dor nas costas?

Você já pode ir com essas perguntas em mente para que tire um melhor proveito da consulta clínica.

 

Exame físico para diagnóstico de dor nas costas

Além das perguntas acima, nosso especialista irá realizar um exame físico, neste exame físico ele vai tentar identificar a dor nas costas e como ela afeta o seu movimento. O fisioterapeuta pode pedir que você se sente, se levante e se movimente de diversas formas para poder identificar a origem da dor nas costas. O fisioterapeuta também vai testar os seus reflexos.

 

Exame clínico para diagnóstico de dor nas costas

Somente se você apresentar sintomas mais críticos, nosso Especialista pedirá exames para conseguir diagnosticar doenças mais graves. Entre os sintomas críticos estão: dor nas costas por mais de um mês, tontura, febre, fraqueza muscular, idade maior de 65 anos, histórico de câncer e perda de peso. Entre os exames que podem ser pedidos estão: o raio-x, tomografia e ressonância magnética.

Situações de riscos de dor nas costas

Há diversas situações em que o risco de dor nas costas é maior, entre elas: fraqueza progressiva das pernas, incontinência intestinal ou urinárias, dor nas costas muito forte, febre, perda de peso, dor nas costas depois de um trauma ou de uma lesão e pessoa com osteoporose. Essas precisam de atenção médica.

 

Tratamento de dor nas costas

Dependendo do tipo de causa de dor nas costas, o nosso Especialista vai indicar um possível tratamento. O tratamento pode se dar de diversas formas e vai depender da gravidade da condição do paciente.

 

Fisioterapia

Na grande maioria dos casos nosso Especialista irá te indicar a Fisioterapia Especializada. Totalmente diferente da Fisioterapia de Convênio, nossas sessões são individuais, com profissionais pós-graduados e especializados, utilizamos equipamentos de ultima geração e técnicas internacionais. Tudo isso GARANTE resultados mais rápidos e duradouros. 

 

Medicamentos

O médico pode te indicar uma medicação para te ajudar a tratar a dor nas costas. Entre os medicamentos mais comuns estão: analgésicos, anti-inflamatórios, relaxantes e até mesmo injeções. Tudo deve ser prescrito por um médico. Essa é a forma mais comum de tratamento para dor nas costas.

 

Práticas de alívio

Se a causa de sua dor nas costas não for tão grave, nosso Especialista irá recomendar a você realizar as práticas de alívios, nós listamos algumas delas abaixo. Dentre as práticas de alívio mais comuns estão as Terapias Manuais (aqui usamos apenas Técnicas Internacionais) e a pratica do Pilates Clínico ministrados por fisioterapeutas, a qual é indicada para mais de 90% dos casos, principalmente quando feito um planejamento de conduta terapêutica e acompanhamento da evolução do paciente, como é feito em nosso Instituto de Pilates. Outra prática de alívio, altamente recomendada, é a Quiropraxia e a Osteopatia.

 

Evitar os fatores de riscos

Outra forma de tratar a dor nas costas é evitar os fatores que as geram. Ou seja, você deve optar por ter um estilo de vida saudável e que te dê condições de ter mais qualidade de vida e bem-estar. E essa é uma escolha sua! 

 

Essas foram as 4 formas de tratamento de dor nas costas: Fisioterapia (terapias manuais como a Quiropraxia) medicamentos, práticas de alívio e evitar os fatores de riscos. Avalie quais suas melhores opções a médio e longo prazo.

 

Objetivos de tratamentos para dor nas costas

Esses tratamentos (Fisioterapia, Pilates e Quiropraxia) para dor nas costas trazem alguns objetivos bem claros, entre eles: reduzir ao máximo a intensidade de dor nas costas, restabelecer a possibilidade de realizar as atividade normais do cotidiano, auxiliar com a dor residual, auxiliar com os efeitos colaterais e também dar apoio ao paciente para facilitar nessa passagem de recuperação.

 

Resultados de tratamentos para dor nas costas

Os resultados de tratamentos (como a Fisioterapia e a Quiropraxia) para dor nas costas são na sua grande maioria altamente eficazes, e somente de 1 a 5% das pessoas com dor nas costas necessitam de cirurgia, ou seja, a dor nas costas é possível de tratar de diversas formas não invasivas e trazendo bons resultados como também total recuperação.

 

Tratamentos para dor nas costas: uma prática diária

Para que se trate a dor nas costas é preciso ter uma rotina de práticas diárias, realizando vários dos pontos abordados na parte de alívio desse texto. Se você se cuidar todos os dias, e evitar também os fatores é muito provável que você pare de ter dor nas costas.

Aqui utilizamos um programa de Manutenção onde nossos pacientes realizam sessões mensais para prevenir as dores não só nas costas, mas em qualquer articulação. 
Da mesma forma que cuidamos do nosso cabelo, barba, unhas, enfim, da parte externa por questões estéticas, precisamos cuidar também do nosso interior, principalmente porque não estamos vendo como as coisas estão lá dentro. 
É como o seu carro, você faz a manutenção preventiva para não ficar na mão. Com o nosso corpo DEVE ser sempre assim!

 

Como prevenir a dor nas costas

Há várias formas de prevenir a dor nas costas, entre elas:

 

Manter uma boa postura

Para isso você precisa se manter bem ereto sobre os seu pés, sempre dobrar os joelhos e não as costas para agachar, contrair os músculos da barriga, levantar usando as pernas.

 

Evitar ficar em uma mesma postura por muito tempo

Evite ficar em pé, deitado ou sentado por muito tempo. Varie a sua posição pelo menos de hora em hora.

 

Evitar usar sapatos desconfortáveis

Não use sapatos que não te trazem conforto, eles precisam garantir uma boa estabilidade para os seus pés.

 

Tenha cadeiras e colchões de qualidade

Se você trabalha sentado por 8 horas por dia, escolha uma cadeira que traga conforto para as suas costas a mantendo ereta, o mesmo vale para o seu colchão no qual você passa pelo menos 8 horas por noite.

 

Evitar dirigir por longas distâncias

Se você dirigir por longas distâncias, tente ao máximo se alongar a cada duas horas.

 

Praticar exercícios físicos regularmente

Os exercícios físicos são a melhor forma de prevenção de dor nas costas, pois eles melhoram a postura, fortalecem a musculatura, dão flexibilidade e evitam o acúmulo de peso.

 

Carregar bolsas e mochilas muito pesadas

Se você tem o hábito de carregar bolsas e mochilas muito pesadas, é fundamental perdê-lo. Há um limite de peso que o nosso organismo consegue carregar. Por isso, você deve respeitá-lo. Além dessas 7 formas de prevenir a dor nas costas, você também pode usar as práticas de alívio.

 

Outros pontos importantes sobre dor nas costas

Até agora, já falamos sobre o que é dor nas costas, sobre a coluna vertebral, sobre os tipos de dor nas costas, as principais causas, os fatores, os diagnósticos, os tratamentos, as formas de alívios e também como se prevenir. Agora, vamos falar sobre alguns outros pontos importante sobre dor nas costas, entre eles: quiropraxia, sobre a dor nas costas e o sono, sobre dor nas costas e a natação, sobre dor nas costas e a fitoterapia, sobre dor nas costas durante a gravidez, sobre dor nas costas devido às lesões, sobre dor nas costas e alguns exercícios, sobre dor nas costas e o pilates e  sobre dor nas costas e as principais perguntas.

 

Dor nas costas e seu sono

Se você conseguir ter uma boa noite de sono é possível que a sua dor nas costas passe, para isso você precisa ter uma cama confortável. Separamos algumas dicas para você cuidar do seu sono e evitar dor nas costas:

  1. Experimente tanto o colchão como o travesseiro na loja.

  2. O colchão deve ser virado 1 vez ao mês

  3. O colchão deve ser trocado a cada 10 anos

  4. Quanto mais pesado você é, mais denso deve ser o seu colchão

  5. O colchão não deve ser nem muito macio e nem muito duro

  6. O travesseiro ideal é aquele que preenche o espaço entre a cabeça e o ombro

  7. O travesseiro também não deve ser muito rígido e nem muito mole

Dor nas costas e a natação

Um dos melhores exercícios para dor nas costas é a natação, por isso se você estiver sofrendo com esse problema, invista na prática diária de nadar. O nado tipo craw ou tipo costas são os melhores tanto para alívio dos sintomas como também para prevenção da dor nas costas.

 

Dor nas costas durante a gravidez

Durante a gravidez é comum sentir mais dor nas costas devido às mudanças fisiológicas que acontecem no corpo da mulher. Para garantir mais conforto é imprescindível evitar os fatores de risco e também buscas as medidas de alívio, como a pratica de Pilates que além de fortalecer o assoalho pélvico, previne disfunções na coluna e as dores. Além disso, durante o sono existem travesseiros específicos para trazer conforto para grávidas.

 

Dor nas costas devido às lesões

As lesões devido acidentes, traumas e quedas são eventos pontuais e que não devem ser ignorados. Se você sofrer algum acidente e começar a sentir dor nas costas é fundamental buscar ajuda médica, pois pode haver alguma fratura interna que gerará ainda maior danos para a sua saúde.

 

Dor nas costas e a Quiropraxia

O que é?

O termo significa prática com as mãos: quiro (mãos) praxis (prática).

Trata-se de tirar ou amenizar as dores apenas com a utilização das mãos, sem o uso de medicamentos ou de agulhas.

Quiropraxia surgiu nos Estados Unidos em 1895, criada pelo canadense Daniel David Palmer, um entusiasta da medicina alternativa. Sendo uma profissão secular, o método vem se desenvolvendo ao longo dos anos, é praticado em vários países e reconhecido pela Organização Mundial de Saúde.

Apesar de já ser uma profissão com mais de 120 anos de história, dentre as profissões da Área da Saúde, a Quiropraxiaé uma das que tem crescimento mais constante.

Nos Estados Unidos, é uma das três maiores profissões do setor, junto com Medicina e Odontologia. A principal razão dessa expansão é o benefício para a saúde pública que ela representa por meio da efetividade do tratamento aplicado.

Nos EUA as pessoas tem o QUIROPRAXISTA da familia, e procuram por ele antes mesmo de procurarem um médico!

O profissional da Quiropraxia possui formação especializada que lhe permite diagnosticar, prevenir e tratar por meio da mobilização e manipulação articular, restituindo a integridade dos sistemas neurológico, muscular e esquelético, proporcionando a todo o organismo encontrar o seu equilíbrio.

Reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a técnica pode ajudar a tratar problemas relacionados a articulações, músculos, ossos, tendões, ligamentos, ou seja, tudo o que diz respeito aos distúrbios biomecânicos do corpo humano.

Para que serve?

quiropraxia pode ser usada tanto para tratar quanto para prevenir problemas relacionados ao desalinhamento da coluna vertebral, que podem ser ocasionados por diversos fatores: má postura, passar muito tempo sentado ou em pé e até estresse e ansiedade.

Problemas como dores no ciático, pelve, pescoço, lombar, costas, quadril, ombros, braço e qualquer outro ligado ao sistema neuro-músculo-esquelético podem ser tratados por um quiroprático.

Essa vertente da medicina alternativa busca tratar os distúrbios acima por meio de orientação de hábitos dos pacientes, reorganização da postura utilizando técnicas específicas e exercícios e, principalmente, realizar manobras precisas, que podem restaurar as articulações e colocar o corpo para funcionar em normalidade novamente.

 

Dor nas costas e o pilates

pilates é um excelente aliado no tratamento de dor nas costas, ele ajuda principalmente no fortalecimentos dos músculos que dão suporte a coluna e cria uma conscientização do que é ter uma postura correta. Para que você se livre das suas dor nas costas, invista nesta opção de tratamento. 

 

Dor nas costas e alguns exercícios

Existem alguns exercícios que você pode fazer regularmente para evitar e também para aliviar a dor nas costas, eles são: deitar-se e colocar os joelhos no peito e realizar rotações para as laterais do corpo, deitar-se e elevar o quadril de forma tranquila e repetitiva, realizar um alongamento tipo cobra onde você está deitado e estica-se dos pés a cabeça e o alongamento tipo gato e vaca de yoga. A prática de yoga também é recomendável para quem tem dor nas costas, além disso pratique também Pilates.

 

Dor nas costas e as principais perguntas sobre o assunto

Separamos algumas perguntas bem comuns relacionadas a dor nas costas:

 

O que fazer quando ter dor nas costas?

Assim que você tiver dor nas costas, você deve buscar um Fisioterapeuta. Pois é fundamental encontrar o verdadeiro motivo da dor e realizar um tratamento eficaz.

 

É aconselhável se automedicar quando sentir dor nas costas?

Não, você deve sempre buscar ajuda do Fisioterapeuta, pois o medicamento pode mascarar a dor e dificultar o diagnóstico. O medicamento errado pode prejudicar ao invés de melhorar a sua dor.

 

Só tomar remédios é a solução para a dor nas costas?

Não. Os medicamentos apenas tratam os sintomas e não a causa da dor. O mais correto é buscar ajuda de um Fisioterapeuta.

Você até pode associar um medicamento (para aliviar a dor) a um tratamento de Fisioterapia e Quiropraxia, mas de forma isolada os medicamentos apenas mascaram a dor e depois ela retorna ainda mais forte.

 

Como reduzir as dores nas costas?

Para que você reduza as dores nas costas, você deve buscar tratamento como também fazer as práticas de alívio.

ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental! 

 

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!

 

No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores. 

Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.

 

Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início. 

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações. 

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente. 

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental. 

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método? 

Acesse o botão abaixo e agende AGORA seu atendimento! 

Será que vou ter que operar ou fazer uma cirurgia?
Caso de cirurgia?

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate