3 PRINCÍPIOS PODEROSOS PARA EVITAR A DOR E ENVELHECER COM SAÚDE

Quem nunca sentiu uma dor nas costas?

Se nunca lhe aconteceu, é bastante provável que venha a acontecer em algum momento da sua vida.

Estima-se que 72,4% dos brasileiros sofrem ou já sofreram de dor nas costas. A culpa é dos esforços em excesso ou sobrepeso, da falta de exercício e da má postura.

Por isso recomendo fortemente que você siga estes 3 princípios que indico a todos os meus pacientes se você REALMENTE quer envelhecer SEM DOR e COM SAÚDE.

  1. Alimentação saudável - Uma boa alimentação, além de oferecer todos os nutrientes que seu corpo precisa para te manter saudável e com energia para o seu dia a dia, te ajuda também a evitar o sobrepeso, uma das principais causas de dor e lesão nas articulações.

  2. Atividade física regular - Libera endorfina (responsável pela sensação de prazer e bem-estar) e mantém o seu corpo flexível e fortalecido para evitar sobrecargas e lesões. Lembrando que, além da endorfina, o seu corpo também produz a dopamina, serotonina e ocitocina. Esses hormônios estão sempre ativos no nosso organismo. Se eles se desequilibram, o corpo pode reagir com insônia, estresse, ganho de peso e, é claro, mau humor.

  3. Bons hábitos de postura - Cuidado ao ficar muito tempo sentado, carregar peso e principalmente no Home-Office para que a má postura não gere dores e deformações na coluna vertebral.


A dor nas costas é uma das razões mais frequentes pelas quais as pessoas consultam um médico ou faltam ao trabalho. É, também, a maior causa de incapacidade a nível mundial. Depois de sentir uma vez dor nas costas, é dez vezes mais provável que a volte a sentir do que alguém que nunca teve.

A dor de costas mais comum é a da região lombar. As lombalgias representam cerca de 70% das queixas de dor nas costas.

As lombalgias são dores no fundo das costas que podem irradiar para as coxas. Calcula-se que cerca de dois terços das pessoas em idade adulta venham a sentir dor nesta região do corpo.

Mais ou menos incapacitante, esta é uma dor que causa um desconforto que pode durar alguns dias ou até alguns meses. No entanto, raramente as causas são sérias e podem ser resolvidas com medidas simples.


PORQUE DÓI AS COSTAS?

À exceção das dores provocadas por traumas, a dor nas costas acontece, sobretudo, pela acumulação de pequenos maus hábitos. Com o passar do tempo, acabam por se revelar dolorosas pelas alterações que provocam no corpo. O simples facto de fumar pode contribuir para a perda óssea, aumentando o risco de vir a sofrer de lombalgias.

Conheça as principais causas:

  • carregar, puxar ou empurrar objetos muito pesados

  • má postura

  • movimentos repetidos por longos períodos de tempo

  • estar sentado muito tempo na mesma posição ao longo do dia

  • falta de exercício em geral e principalmente na musculatura abdominal

  • quedas ou movimentos bruscos

  • excesso de peso

  • sedentarismo

  • tensão nos músculos ou nos ligamentos

  • lesão ou ruptura nos discos

  • idade, sobretudo após os 30 e os 40 anos

  • fumar, pois provoca diminuição do fluxo sanguíneo na base das costas, o que prejudica o aporte de nutrientes nos discos da coluna vertebral

  • gravidez

  • ansiedade e depressão

  • artrite

  • irregularidades na coluna

  • irritação do nervo ciático


COMO PREVENIR A DOR NAS COSTAS?

Algumas simples mudanças nos comportamentos podem prevenir o aparecimento de dores nas costas. Na maior parte das vezes, estas mudanças implicam a adoção de um estilo de vida saudável:

  • Faça exercício físico regular que tenha baixo impacto nas costas. Aconselhe-se com o seu fisioterapeuta sobre a modalidade certa para você.

  • Mantenha uma postura correta quando estiver sentado.

  • Faça alongamentos.

  • Se tiver que carregar malas ou mochilas, distribua o peso pelos dois ombros.

  • Levante pesos com as pernas e não com as costas.

  • Mantenha um peso saudável. Bons hábitos alimentares.

  • Não fume.

  • Durma num colchão rígido que forneça suporte à coluna.


COMO ALIVIAR E TRATAR AS DORES?

Fazer relaxamento muscular Pode ser útil realizar uma massagem de relaxamento que alivie a dor e a contração dos músculos ou realizar alguns exercícios simples.

Repouso, mas não em excesso Após um episódio de dor, a atividade física mais intensa deve ser reduzida por alguns dias. No entanto, o repouso também deve ser cauteloso. Permanecer muito tempo na cama pode piorar a dor. Tente manter-se ativo e realizar as atividades do dia-a-dia ainda que com cautela.

Aquecer o foco de dor Após os traumas, o gelo pode ajudar a um alívio imediato uma vez que ajuda a reduzir a inflamação. Em dores mais prolongadas (mais de 2 dias), o calor pode ter o mesmo efeito analgésico e anti-inflamatório.

Consultar um Fisioterapeuta Em episódios de dores intensas, súbitas ou inexplicáveis deve sempre consultar um profissional da saúde. Este poderá avaliar as causas, realizar exames complementares ou prescrever o tratamento adequado.


Dica do Especialista

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #dornascostas, #herniadedisco, #dordecabeça, #ciatico, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #coluna, #dornojoelho, #dornoquadril, #dornoombro, #ribeiraopreto, #curitiba, #torcicolo, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #cirurgiadecoluna, #dornopescoco, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba

3 visualizações0 comentário

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate