DOR NO CORPO PÓS COVID

Estudos relatam que os problemas mais comuns após as pessoas terem covid estão nas articulações, nos ombros e nas costas. Algumas pessoas têm dores generalizadas que podem ir e vir durante algum tempo, à medida que se recuperam. Algumas permanecem com estas dores, meses após a recuperação.


Muitas pessoas tiveram algumas dores e sofrimentos antes de ficarem doentes com COVID. A indisposição pode ter feito esses problemas voltarem ou piorar. Isso ocorre porque as articulações e os músculos ficam melhores quando nos movemos regularmente.



Quando não estão bem com COVID, as pessoas ficam menos ativas do que o normal. Isso pode causar dores, rigidez e fraqueza muscular.

A fraqueza muscular pode causar dificuldades em atividades como ficar em pé, subir escadas, agarrar objetos com as mãos ou levantar os braços acima da cabeça.


Alguns dos tratamentos que foram necessários durante sua doença COVID podem ter causado estresse e tensões extras em algumas de suas articulações e músculos. Isso pode ter causado novos ou aumentados problemas nas articulações e músculos.


As pessoas nos disseram que os problemas mais comuns após a indisposição com COVID são problemas nos ombros, pescoço e nas costas, mas problemas nas articulações e músculos podem ocorrer em qualquer parte do corpo.

Algumas pessoas apresentam dores generalizadas que podem ir e vir durante algum tempo, à medida que se recuperam.

Algumas pessoas também têm sensações estranhas ou alteradas, como dormência ou alfinetes e agulhas e fraqueza nos braços ou nas pernas.


Como resolver?

Após a recuperação do COVID é necessário uma visita ao seu Fisioterapeuta Especialista em Osteopatia ou Quiropraxia, para ele lhe orientar sobre o retorno gradual as atividades físicas, assim ele vai te ajudar a se recuperar mais rapidamente das DORES pós COVID.


Quando devo entrar em contato com meu Fisioterapeuta?

Você deve procurar ajuda imediata de seu fisioterapeuta se sentir dor intensa, dormência ou fraqueza em seus braços ou pernas que o impeça de seguir os conselhos desta página.


Contate o seu consultório para falar com um médico ou fisioterapeuta se:

  • Seus problemas musculares e articulares estão piorando.

  • Você não consegue ser ativo ou se exercitar devido a outros sintomas, como fadiga ou falta de ar.

  • Você desenvolve novos sintomas, como alfinetes e agulhas, agravamento da fraqueza nos braços ou pernas ou problemas de equilíbrio.

  • Perda de força ou formigamento nos braços.

  • Dores de cabeça frequentes.

  • Após 3 meses, seus problemas musculares e articulares não melhoraram.

  • Se tiver novos sintomas de mal-estar, dor à noite que cause problemas para dormir ou inchaço articular significativo.

  • Se surgir uma nova articulação quente, vermelha e inchada, pode ser uma infecção na articulação.

Muito raramente a dor nas costas com dor nas pernas pode afetar os nervos que irrigam a bexiga e o intestino. Isso é chamado de Síndrome de Cauda Equina (CES).


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.


Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!


#drgiulianomartins #onefisioterapia #dornascostas #herniadedisco #ciatico #artrose #fibromialgia #pilates #quiropraxia #fisioterapia #crossfisio #metodologiaone #dorposcovid #covid19 #covid

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo