DOR NO PESCOÇO: O QUE FAZER PARA ALIVIAR A DOR

As causas mais comuns de dor cervical que tratamos são devido a lesão de disco, hérnia de disco , osteófitos (bico de papagaio) e compressão da medula espinhal. Freqüentemente isso resulta do desgaste inevitável do processo natural de envelhecimento. Acidentes traumáticos ou lesões esportivas e de exercícios também podem causar fortes dores no pescoço. A dor no pescoço também pode resultar de tumores ou anomalias congênitas das vértebras.

Nota do Fisioterapeuta : Todos os tratamentos conservadores para a dor no pescoço são esgotados antes de discutir a necessidade de uma cirurgia no pescoço.

O diagnóstico da dor no pescoço é feito com um levantamento do histórico da dor (entrevista com o paciente), testes ortopédicos e neurológicos, um exame físico global e outros dispositivos de imagem (quando necessário) que podem incluir raios-X, ressonância magnética, tomografia computadorizada, EMG, etc.



Condições comuns que podem estar causando sua dor no pescoço incluem

  • Hérnia de disco cervical (protuberância ou ruptura do tecido fibroso mole, discos, amortecimento das vértebras; hérnia de disco cervical causa dor no pescoço, queimação, formigamento ou sensação de entorpecimento nos ombros ou braços e fraqueza

  • Estenose cervical: (estreitamento do canal espinhal causando compressão da medula espinhal e nervos)

  • Doença degenerativa do disco (um distúrbio relacionado à idade)

  • Espondilose cervical (degeneração anormal da cartilagem e ossos do pescoço)

  • Trauma

  • Postura anteriorizada da cabeça

  • Artrite reumatóide (uma doença autoimune na qual o sistema imunológico do corpo ataca articulações, tecidos e órgãos saudáveis)

  • Estresse e / ou ansiedade

  • Maus hábitos de sono

O nosso especialista em dor no pescoço entende que cada paciente e sua dor são únicos e exigem uma abordagem personalizada para o tratamento da dor no pescoço. O Dr. Giuliano Martins trabalha junto com você para garantir que todos os seus sintomas sejam compreendidos e tratados.


Tipos de dor no pescoço

  • Dor mecânica no pescoço : dor no pescoço que é o resultado de degeneração do disco ou artrite - essa dor é sentida nas costas ou no pescoço e nos ombros e é agravada por maus hábitos, como o uso prolongado do computador com postura inadequada ou exercícios inadequados

  • Dor referida : dor no pescoço que se espalha do tecido inflamado no pescoço ao longo dos nervos para outras partes do corpo

  • Dor radicular no pescoço : dor no pescoço que é o resultado da compressão do nervo (nervo comprimido) e se irradia para baixo do braço e tende a estar associada a dormência ou fraqueza.

SINAIS E SINTOMAS

O paciente com cervicalgia costuma adquirir uma atitude de defesa e rigidez dos movimentos, ocorre também uma alteração na mobilidade do pescoço e a dor durante a palpação da musculatura do pescoço podendo também abranger a região do ombro e nos casos mais graves ou prolongados irradiando para todo o membro superior.

Em relação à dor, o paciente pode se queixar desde uma dor leve local e uma sensação de cansaço, até uma dor mais forte e limitante. O braço, além de doer, pode apresentar alterações de sensibilidade e força muscular, são as chamadas “alterações neurológicas”.

O paciente refere adormecimento de alguma área ou de todo o membro, podendo ser contínua ou desencadeada por algum fator. A fraqueza muscular acontece em casos mais graves ou prolongados, sendo geralmente progressiva. Podem existir também alterações nos reflexos encontrados em algumas inserções musculares no punho, cotovelo e ombro nos casos mais graves.


CONFIRA OS PRINCIPAIS SINTOMAS IDENTIFICADOS

  1. Espasmos musculares nas regiões cervical e supra-escapulares.

  2. Diminuição da amplitude de movimento de rotação, lateralização e flexo-extensão da coluna cervical.

  3. Dor que começa na nuca e se irradia para região supra-escapular, inter-escapular e couro cabeludo.

  4. Sensação de peso nos ombros e parte alta das costas. Às vezes, acompanhada de ardência.

  5. Formigamento para ombros e braços.

  6. Cefaleia.

  7. Ao realizar rotação, o paciente relata que sente como se existisse areia entre as vértebras (crepitação).

  8. Fraqueza no ombro e braço, relatando dificuldade de segurar um copo com água ou livro.

Para descartar a possibilidade de outras lesões, como tendinopatias e bursite no ombro ou síndrome do túnel do carpo, é importante uma boa avaliação e diagnóstico diferencial.


TRATAMENTO E PREVENÇÃO

Após uma avaliação minuciosa, é planejada para o paciente uma sequência de tratamento, escolhida de acordo com as necessidades detectadas na avaliação, fazendo com que o tratamento seja individualizado, e não um mesmo tratamento para todos. Dessa forma, o paciente é classificado em um ou mais sub-grupos de dor cervical.

Entre as técnicas que podem ser selecionadas, estão a tração, fisioterapia manual e exercícios para estabilização cervical e escapular. Para prevenir novas dores, o indivíduo deve dar continuidade aos exercícios selecionados para a melhora de suas debilidades.

A fisioterapia é indicada tanto no caso das cervicalgias agudas como nas crônicas, pois existem métodos adequados para cada estágio, como a Quiropraxia, a Facilitação Neuromuscular proprioceptiva e a Reeducação Postural Global, utilizando contrações isométricas ou isotônicas associadas a técnicas específicas com alongamentos ou relaxamento em posturas apropriadas.

É preciso realizar uma avaliação fisioterápica detalhada de modo a observar as alterações que podem ser responsáveis por essa queixa, investigando se a dor é decorrente de um trauma muscular, articular ou de problemas posturais. Sendo assim, o tratamento será indicado conforme o diagnóstico cinesiológico funcional.


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!


#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #ribeiraopreto, #curitiba, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba, #crossfit, #dornopescoço, #alongamento, #cervicalgia, #cirurgiadecoluna, #herniadedisco, #artrose, #bicodepapagaio, #terapiamanual, #estenose, #torcicolo

828 visualizações

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate