O QUE FAZER PARA ALIVIAR A DOR NO NERVO CIÁTICO

Nenhum tipo de dor deve ser ignorado, principalmente, os tipos mais persistentes e que tendem a piorar com o tempo. Dores na coluna e na perna (dor no ciático) podem revelar simples contraturas ou distensões musculares de tratamento mais simples ou mesmo natural, mas também podem indicar a presença de doenças graves.


A principal maneira de lidar com a dor nas costas e dor no nervo ciático é investigar, antes de mais nada, a sua causa.

O diagnóstico precoce é fundamental para evitar o equívoco de uma doença que possa ser evidenciada como causa da dor, mas que, na verdade, não tenha associação e, assim, agravar a condição do paciente ao ser tratado de forma inadequada.



O tratamento deve ser multidisciplinar, envolvendo diferentes tipos de exames e avaliações a serem realizados por diversos profissionais da saúde, para só então iniciar um atendimento específico para aquele quadro. Lembre-se, o importante é tratar a CAUSA e não apenas a dor, e na maioria dos casos a FISIOTERAPIA Especializada é a melhor opção.


É muito importante alertar para os riscos da automedicação. Utilizar analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares é perigoso, principalmente, se o paciente não sabe ainda a causa das dores nas costas e não recebeu uma prescrição médica adequada de medicamentos.


No entanto, o melhor tratamento ainda consiste na prevenção! Cuidados com a sobrecarga de trabalho e durante as atividades domésticas devem ser adotados.


Bem como realizar momentos de relaxamento ao longo do dia. O exercício físico também é uma importante ferramenta, pois, uma vez praticado regularmente, proporciona a melhora do condicionamento físico, controlando o aparecimento de lesões e viabilizando preparo muscular para a rotina diária.


Quando devo entrar em contato com meu Fisioterapeuta? Você deve procurar ajuda imediata de seu fisioterapeuta se sentir dor intensa, dormência ou fraqueza nas pernas que o impeça de sentar, levantar ou caminhar. Contate o seu consultório para falar com um fisioterapeuta se:

  • Seus problemas musculares e articulares estão piorando.

  • Você não consegue ser ativo ou se exercitar devido a outros sintomas, como fadiga ou falta de ar.

  • Você desenvolve novos sintomas, como alfinetes e agulhas, agravamento da fraqueza nas pernas ou problemas de equilíbrio.

  • Perda de força ou formigamento nas pernas.

  • Dor nas costas que desce pela perna ou virilha.

  • Após 3 meses, seus problemas musculares e articulares não melhoraram.

  • Se tiver novos sintomas de mal-estar, dor à noite que cause problemas para dormir ou inchaço articular significativo.

Muito raramente a dor nas costas com dor nas pernas pode afetar os nervos que irrigam a bexiga e o intestino. Isso é chamado de Síndrome de Cauda Equina (CES). Está sofrendo com dor? Então, comece pelo início. Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações. Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente. Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental. Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas. Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método? Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento! #drgiulianomartins #onefisioterapia #dornascostas #herniadedisco #ciatico #artrose #fibromialgia #pilates #quiropraxia #fisioterapia #crossfisio #metodologiaone #dornociatico #dornaperna

34 visualizações0 comentário