COMO EVITAR LESÕES NO JOELHO PARA QUEM PRATICA CORRIDA

A corrida de rua é um esporte que se popularizou e veio para ficar.

Desde os anos 60, com os conceitos difundidos por Kenneth Cooper, esta atividade tem ganhado cada vez mais adeptos, sendo a grande maioria em busca de qualidade de vida. Apesar de estar ligada ao ganho rápido de condicionamento cardiovascular, sabe-se hoje que a corrida de rua esta também ligada a um alto índice de lesões nos joelhos, principalmente as ligadas ao micro-trauma de repetição como a condromalácia, tendinite patelar e fraturas de estresse.

Felizmente, a medicina do esporte é uma especialidade que tem tido o reconhecimento cada vez maior da população. O conceito da avaliação pré participativa tem se difundido entre atletas, esportistas e treinadores e visa minimizar os riscos de uma prática esportiva.



A prevenção de lesões no joelhos na corrida de rua tem sido estudada ostensivamente nos últimos 10 anos e o consenso entre a maioria dos autores inclui:


Consulta pré participativa em um fisioterapeuta e um médico do esporte

Este item é fundamental principalmente para as pessoas que estão saindo do sedentarismo.

Em uma primeira avaliação o médico do esporte realiza uma triagem metabólica, ortopédica e cardiovascular em busca dos chamados fatores de risco como, por exemplo, aumento dos níveis de colesterol, arritmias e resposta inadequada da pressão arterial ao esforço físico.

Nesta etapa muita gente fica assustada e acredita que praticar esporte seja um risco. Mas, na verdade, a prática esportiva (principalmente aeróbica) reduz o risco de doenças cardiovasculares como o temido infarto agudo do miocárdio e a primeira consulta no médico do esporte serve para que se determine o mal que o sedentarismo fez ao indivíduo e que seja melhor orientado a sua incursão no esporte.


Níveis hormonais como o cortisol, vitamina D e a testosterona são de suma importância principalmente para as mulheres, pois estão intimamente ligados a fraturas estresse.

E por fim, a avaliação do aparelho locomotor determina desequilíbrios musculares e a capacidade de absorção de energia cinética pelos membros ao se analisar o sinergismo da contração muscular do quadril com o resto do membro, coxa e perna. Qualquer alteração nestes parâmetros, mesmo que mínimos, está ligada ao desenvolvimento de doenças como a condromalácia e tendinite patelar.

Consulte um nutricionista

Redução de peso significa menos energia cinética a ser dissipada a cada passo.

Além do equilíbrio corporal (controle de peso), o planejamento alimentar também pode influenciar na performance.

Durma bem!

Diversos estudos apontam relação entre horas de sono e a suscetibilidade ao excesso de peso, visto que o encurtamento do sono diminui a relação leptina/grelina, o que resulta em aumento da fome. Esse aumento da fome pode estar associado a uma maior ingestão de alimentos (geralmente muito calóricos) que desencadeia a obesidade.

Procurar um treinador especializado

Para se praticar corrida de rua não basta apenas comprar um tênis e começar correndo por conta própria. Estudos apontam que o principal fator para o desenvolvimento de lesões de micro-trauma de repetição está associado ao treino sem orientação.

Um bom treinador sabe realizar a preparação física direcionado para corrida e dosar o volume de treino.


Fortaleça o joelho

O joelho atua como o principal dissipador de energia cinética no esporte. Ou seja, qualquer impacto ou força de explosão passa por esta articulação. A falta de preparo muscular pode não dissipar corretamente e causar sobrecarga com lesões a cartilagens, tendões e à membrana.

O ganho do músculo anterior (quadríceps) da coxa é crucial para o preparo ao esporte, idealmente em uma academia sob a supervisão de um fisioterapeuta e um educador físico, evitando-se angulações e posturas lesivas.

Fortaleça o quadril

A musculatura do quadril vem, cada vez mais ganhando atenção em traumatologia esportiva. Acredita-se que os músculos glúteo médio e mínimo, principais estabilizadores do quadril, quando fortes e de rápida contração, evitam que o joelho “caia para dentro”, fazendo com que a pessoa adote a postura que chamamos de “valgo dinâmico”, muito comum em mulheres que praticam corrida de rua.

Não exagere no treino

Picos súbitos de treino visando determinada prova pode ser o “estopim” de uma lesão, principalmente se os tecidos do joelho já estão sobrecarregados. Estudos tem demonstrado que, dentre as demais articulações, o joelho trabalha muito próximo aos seus limites fisiológicos e a dor após um treino exagerado pode demonstrar que uma lesão se instalou.


Quer Saber Mais Sobre Joelho?

CLIQUE AQUI!


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.

Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #dornojoelho, #ribeiraopreto, #curitiba, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba, #tendinitepatelar, #lesaodemenisco, #artrosedejoelho, #artrite, #tratamentodejoelho, #tratamentodequadril, #condromalacia, #corrida

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate