DORMIR COM DOR - NÃO FAÇA ISSO

A dor e os problemas do sono constituem uma das maiores preocupações de saúde pública. A fibromialgia, por exemplo, é uma das principais doenças causadoras de dor, sendo que a alteração do sono afeta mais de 90% dos doentes.

Apesar da dificuldade em dormir, muitos destes doentes não sofrem de insônias. Podem chegar a dormir a noite inteira, mas levantam-se cansados de manhã.


Os doentes com fibromialgia apresentam uma duração reduzida da etapa do sono que determina a qualidade do mesmo e garante a recuperação do organismo.



Considerando que a fibromialgia pode alterar o sono e que um distúrbio do sono pode agravar a fibromialgia, a abordagem terapêutica de ambos deve ser comum. Ou seja, para diminuir a dor mostra-se necessário controlar o sono.

E, para controlar o sono, é necessário diminuir a dor. Sucede o mesmo com as dores de cabeça, de costas, artrose, artrite ou outras patologias causadoras de dor.

De fato, o sono é frequentemente utilizado como um indicador do controlo correto da dor.


Para aliviar os sintomas físicos causadores da dor (por exemplo, dor nas costas ou no quadril), é crucial:

  • Usar colchões e almofadas de densidade adequada;

  • Manter posturas adequadas;

  • Faça pausas e se movimente durante o Home Office;

  • Evite esforço físico associado a má postura;

  • Caso a dor tenha uma origem tensional ou por stresse, poderá ser controlada com o auxílio de um fisioterapeuta ou de uma terapia de relaxamento. Em outras situações poderá ser necessário tomar medicamentos;

  • Pratique atividade física regularmente e mantenha seu corpo fortalecido e flexível;

  • Boa alimentação.

Como alternativas simples para conseguir dormir melhor recomenda-se adotar uma “higiene do sono”:

  • Dormir num ambiente adequado;

  • Evite celular e computador pelo menos durante os 50 minutos antes de deitar;

  • Ter uma rotina do sono;

  • Diminuir o consumo de cafeína e álcool;

  • Praticar técnicas de relaxamento.

Falando ainda sobre colchões, separei aqui algumas informações e dicas que vão te ajudar bastante.


Os Colchões de Espuma são classificados por densidades diferentes para atender todos os biotipos e necessidade de conforto.

Cada densidade corresponde à quantidade de carga que ela suporta com elasticidade e sem deformar. As densidades mais usadas são D33, D45, D28.

A densidade é a quantidade de matéria prima utilizada na fabricação da espuma, ou seja, D28 quer dizer que ele possui 28kg de matéria prima por metro cúbico de espuma, para suportar até 70Kg distribuídos no colchão.

O D33 possui 33kg de matéria prima por metro cúbico de espuma, para suportar até 90Kg distribuídos no colchão.

Já o D45 possui 45Kg de matéria prima por metro cúbico de espuma, para suportar até 130Kg.


O suporte de peso máximo indicado e informado para um colchão é para ser distribuído no colchão (deitado) e não concentrado em apenas em um único ponto.

Os fabricantes de colchões, para atender a todas as necessidades, disponibilizam dentro de uma mesma densidade, espumas de qualidade diferentes. Assim, a que tem uma menor carga de peso de suporte máximo, tem um menor custo.

Esses colchões de baixo custo são indicados para uso esporádico, casas de praia, alojamentos e outros que não sejam o seu uso do dia a dia.

A escolha para casais deve ser de acordo com o cônjuge que tiver o maior peso e que requeira maior densidade. Usar a densidade acima de sua necessidade é benéfica, por estar fazendo a vida útil do colchão se prolongar, e por não trabalhar no limite de suporte de peso máximo da espuma.


Os fabricantes indicam o uso de colchão de espuma:

* D18 e D20 para recém nascido até 15 kg.

* D23 para até 30 kg.

* D28 para crianças até 50 kg.

* D33 para adolescentes e adultos até 80kg.

* D45 para adultos e adolescentes até 130 kg.

O mais importante é que você entenda que os colchões NÃO TRATAM AS DORES.

O colchão é para você dormir, descansar. Por isso você deve escolher o colchão que você se sente bem, confortável.

Não espere comprar um colchão ortopédico, magnético, com infravermelho, o mais caro, mais TOP de todos e acordar sem dor, isso NÃO VAI ACONTECER!

Se você tem dor, busque sempre a ajuda de um bom profissional e faça um tratamento específico para o seu caso.


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça principalmente uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!

No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem tratamento. Mas as pesquisas e estudos avançaram e hoje a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a eliminar as dores.

Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos depoimentos de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar todas as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #ribeiraopreto, #curitiba, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba, #crossfit, #dornopescoço, #alongamento, #cervicalgia, #cirurgiadecoluna, #herniadedisco, #artrose, #bicodepapagaio, #terapiamanual, #estenose.

15 visualizações0 comentário