O SEGREDO PARA SER UM GESTOR OU EMPREENDEDOR DE SUCESSO.

Você pode ser tudo que dizem que você é. E vou provar!

A responsabilidade do seu “quem” depende fundamentalmente do “como” você se comporta.


Nas mentorias que realizo, tenho atendido muitos profissionais que questionam o presente, pensam no futuro, mas não valorizam adequadamente o passado.

O “quem” você pensa que é pode não ser “o que” os outros realmente percebem.

Não estou me referindo à “síndrome do impostor”.



Não é algo do tipo “os outros têm uma visão de quem eu sou muito mais positiva do que a realidade como ela é. Involuntariamente, estou enganando todo mundo; não sou nada disto!”.

Vou muito além. O cerne da questão é: já pensou que você realmente pode ser tudo aquilo que os outros consideram que você é?


Estou me referindo à sua capacidade de perceber que este seu “quem”, é “o que” os outros consideram que você é.

Trata-se do resgate do que eu chamo do “poder oculto do autoconhecimento”.

Você é este “quem”. E pode ser tudo isso mesmo.

Vou te provar!


Para os outros terem essa percepção, você vem conseguindo:

- Transmitir seus valores

- Gerar positividade

- Transformar vidas

- Construir um legado

- Emocionar e engajar


Outro dia li um texto do economista Ricardo Amorim que corrobora com esse raciocínio: “Ninguém vai melhorar de vida ou se sentir realizado simplesmente porque “cumpriu o horário” e “fez o que mandaram”.

Trabalho não se mede em tempo, mas em impacto. A vida é curta demais para você desperdiçar uma grande parte dela em um trabalho em que a sua alma está ausente”.

Com certeza. Você é quem você impacta.


Não basta exercer mecanicamente a tarefa profissional; o desafio está em embutir um propósito em cada uma das atividades. Não basta inspirar através de palavras motivacionais; o valor está em mobilizar através do exemplo e das ações.

Acredite: realmente você pode ser este “quem” que vem fazendo tudo isso. E sabe por quê?

Pela trajetória que construiu, pelos amigos que colecionou, pelo aprendizado que absorveu, pelos ensinamentos que transmitiu, pela experiência que acumulou.


Mas, concordo contigo, o pensamento sobre esse “quem” é volátil, incerto, complexo e ambíguo.

O sociólogo Zygmunt Bauman, reconhecido pelo conceito de modernidade líquida, é firme: “Medo é o nome que damos à nossa incerteza. O pressuposto da vulnerabilidade aos perigos depende mais da falta de confiança nas defesas disponíveis do que do volume ou da natureza das ameaças reais”.


Sem dúvida. A opinião dos outros gera fragilidade, ansiedade, nem sempre se apresenta de forma linear e muitas vezes é incompreensível.

Esta é a base do “Mundo B.A.N.I”, nomenclatura cunhada pelo antropólogo e futurista Jamais Cascio, que destaca: “o comportamento das pessoas muda a todo instante. O que antes não fazia sentido para elas, talvez hoje faça. Essas mudanças podem sobrecarregar nossa capacidade de entender o mundo, dificultando a distinção entre ruído e sinal”.


Cascio continua: “Um mundo ansioso é aquele em que todo dia apertamos F5 para atualizar as notícias e descobrir o próximo fato chocante”.

No “Mundo R.E.A.L”, que nós efetivamente vivemos, a busca por essa constante atualização é tão ansiosa quanto necessária.


O escritor e futurista norte-americano Alvin Toffler enfatizou: “O analfabeto do século 21 não será aquele que não consegue ler e escrever, mas aquele que não consegue aprender, desaprender e reaprender”.

Porém, a caminho do século 22, precisamos dar o F5 entendendo o “desaprender” como um upgrade do conhecimento. Nosso “quem” foi formado por nossas vivências e escolhas individuais. Elas não podem ser “deletadas”, mas devem ser permanentemente ressignificadas.

Cito novamente Toffler: “O futuro é construído pelas nossas decisões diárias e mutáveis. Cada evento influencia todos os outros".

Neste sentido, a responsabilidade pelo seu “quem” depende fundamentalmente do “como” você se comporta.

“Quem” você pensa que é? V.O.C.Ê pode ser muito mais do que os outros te percebem.


Espero que tenha gostado das dicas de hoje, e se você tem uma empresa, um escritório ou se você é um profissional da área da saúde e quer mais resultados nas redes sociais, quer melhorar a gestão do seu negócio, quer vender mais ou quer simplesmente aprender mais sobre Empreendedorismo, Gestão, Marketing Digital, Branding e Organização Pessoal, tanto aqui no meu blog quanto no meu instagram e no meu canal do YouTube eu posto todos os dias alguma dica bem bacana como essa que você acabou de ler.


Mas se você não encontrar o que deseja, pode me mandar uma mensagem clicando aqui que eu farei questão de produzir um texto e um vídeo bem bacana para te ajudar.


#giulianomartini #sn10 #gestaoemsaude #comarketing #gestaoempresarial #treinamento #gestaodesaude #empreendedorismonasaude #empreendernobrasil #perfildocliente #mercadodasaude #redessociais #atrairclientes #altaperformance #atrairpacientes #dicasparaclinicas #dicasparaconsultorios #dicasdevendas

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo