TRATAMENTOS - JOELHO

Ribeirão Preto - SP
Curitiba- SP

O nosso programa de tratamento é totalmente baseado em Evidência Científica. Seguimos padrões nacionais e internacionais para identificar a causa das dores, aplicar a melhor técnica de tratamento e manter um programa de fortalecimento ou exercícios que vise evitar a recidiva (retorno das dores). Por isso este processo foi dividido em 3 passos:

  1. Avaliação

  2. Tratamento

  3. Pós Tratamento ou Manutenção.

 

Escolha abaixo um ou mais dos nossos tratamentos, veja em seguida mais sobre nossos procedimentos

PATOLOGIAS - JOELHO

AVALIAÇÃO - PROCEDIMENTO

Após dezessete anos de muito estudo e trabalho criei uma metodologia e capacitei nosso time para construir uma cultura de excelência em resultados! Identifiquei a carência de Clínicas e Institutos que utilizassem testes padrão OURO para avaliar e tratar o corpo como um todo e não apenas uma região ou lesão. Percebi que é fundamental uma abordagem global, pois muitas das lesões surgem em decorrência de alterações em outras áreas do corpo.

Virou rotina para mim tratar um tornozelo para aliviar uma dor lombar, tratar um quadril para acabar com uma dor no joelho e cuidar da lombar para eliminar desconfortos cervicais.

Após testar essa metodologia em muitos pacientes, percebi a RÁPIDA evolução e alívio das dores.

Hoje aplico com sucesso essa modalidade em pessoas sedentárias, portadores de lesões ortopédicas (Coluna, Joelhos, Quadril e Ombros), atletas de alto rendimento e praticantes de atividades físicas em geral.

Utilizamos uma metodologia exclusiva (Crossfisio) que visa eliminar a dor e recuperar a mobilidade e a função de uma maneira mais lúdica e divertida.

Nosso processo de Avaliação tem o objetivo de identificar a CAUSA das dores e não apenas a DOR. Muitas vezes a dor está distante do local da lesão e por isso é Fundamental esta Avaliação inicial. Sabe-se que a dor é somente um aviso de que existe algo de errado com seu corpo e é função do Fisioterapeuta descobrir e tratar a causa desta dor.

Iniciamos anotando a história detalhada dos seus sintomas, como eles se comportam, quando surgiram, traumas e patologias que podem estar associadas a dor e tratamentos ou procedimentos que você já realizou e aplicamos alguns testes Ortopédicos e Neurológicos.

A diferença principal entre a avaliação do Sistema Crossfisio e de outras abordagens é o uso de diversas ferramentas e testes ao invés de uma simples anamnese. O comportamento do paciente durante estes testes somado a percepção de dor, a presença de déficit de estabilidade e mobilidade articular e as posições mantidas nos seus sintomas e na amplitude dos movimentos nos dão a informação que iremos usar para classificar o seu problema.

 

Com base nos dados colhidos nesta avaliação, conseguiremos determinar o que de fato causa a dor e propor um tratamento específico e eficaz para o seu caso que envolve Educação em dor, Treino de movimentos básicos das AVD’s (atividade de vida diária), Exercícios gerais e de fortalecimento e Terapia Manual.

PÓS TRATAMENTO - MANUTENÇÃO

Após o término das sessões previstas é fundamental buscar alternativas para manter os benefícios decorrentes do tratamento. Serão necessários estímulos frequentes e graduais que garantam a integridade das estruturas músculo-esqueléticas envolvidas e previnam contra novas crises.

A opção eficiente e segura é um programa de exercícios que incluem os principais componentes da aptidão física relacionados à saúde (potência aeróbica, força e flexibilidade) ajustados de acordo com a especificidade da situação e supervisionados por profissionais de educação física que, antes do início do programa recebem do fisioterapeuta responsável pelo tratamento todas as informações necessárias para prescrever os exercícios e produzir o efeito terapêutico desejado sem sobrecarregar as estruturas de risco. O acompanhamento da evolução do treinamento ocorre através das avaliações periódicas e frequentes modificações da rotina de treinamento.

 

 Sobre os diversos tipos de exercícios atualmente disponíveis, vale uma pesquisa aprofundada sobre os benefícios e riscos das diversas modalidades. As informações contidas na internet são parciais e geralmente superficiais. Orienta-se a procura de especialistas para esclarecimentos adicionais e assim iniciar a prática de atividade física adequada para cada situação, com conhecimento sobre os riscos e benefícios da mesma. É necessária a avaliação de um Fisioterapeuta e um profissional de Educação Física para analisar possíveis riscos referentes a doenças sistêmicas (hipertensão, diabetes, doenças da tireóide, cardiopatias) e disfunções motoras (presença de artropatias, deformidades nos pés, doenças da coluna).

É importante informar que pacientes que apresentem dor na Coluna sem avaliação prévia não devem iniciar atividades físicas sem a liberação de um profissional da Saúde, correndo risco de agravar lesões de modo irreversível como em casos de tumores, espondilolisteses, estenoses vertebrais, hérnias de disco e outras doenças.

De modo geral, tratando-se da dor já diagnosticada, as orientações atuais são de iniciar a realização de atividade física através de uma rotina progressiva, estruturada e supervisionada por profissional, independente do tipo de exercício desejado. Não se pode dizer com certeza que um exercício é melhor do que o outro. Existem estudos que comprovam a melhora das dores com diversas modalidades de exercícios.

Orientamos que o paciente siga pelo menos uma das três opções abaixo: