COMO VENDER MAIS NA MINHA CLÍNICA OU CONSULTÓRIO

Diversos pontos influenciam um cliente a querer um produto ou serviço, como necessidade, desejo e utilidade.

Mas existem vários fatores que contribuem para a decisão de compra na hora de escolher onde ele vai adquirir o serviço e na maioria das vezes o PREÇO não é o mais importante como você imagina.


Muitas vezes a Qualidade, Atendimento, Marca, Conforto e a Experiência do cliente no primeiro contato com a sua empresa valem muito mais do que o preço.


Outra informação importante é que Preço e Valor são conceitos totalmente diferentes e acabam sendo confundidos. Você precisa saber aplica-los de forma correta para poder fechar suas vendas.


Pesquisadores concluíram que não é só a quantidade de dinheiro gasta que afeta a decisão da compra, pois uma pessoa pode gastar muito dinheiro na compra de um carro sem sentir dor pela compra e pode gastar algumas moedas na compra de um café e ficar extremamente aborrecido.


Então, como fazer o cliente comprar um produto ou serviço sem se sentir incomodado com o preço?



Confira agora as 7 dicas que eu trouxe para te ajudar a fechar mais vendas!


1. Pacotes reduzem dor

Veja por exemplo os carros de luxo. Eles são vendidos como um pacote que contém bancos de couro, teto solar, etc. Estes pacotes fazem com que não seja fácil para o cliente avaliar se o negócio é bom ou a utilidades dos itens do pacote justificam o preço.

Outro bom exemplo: Netflix - antes dela, as pessoas alugavam vídeos e pagavam um valor por cada vídeo alugado. Com a Netflix, você paga um valor fixo mensal e assiste tudo o que quiser.


2. Preço justo faz diferença

O que causa a dor no cliente é a percepção que ele tem se o negócio é justo ou não. Um cliente pode ver uma cerveja por R$ 10,00 no boteco da esquina como caro, mas este mesmo cliente pagaria R$20,00 por um chopp no Outback sem reclamar, pois, a percepção do ambiente causou uma percepção que justifica o preço.

Se o seu produto for mais caro que os outros, mostre porque seu produto é diferenciado.


3. Crédito alivia a dor

O cartão de crédito é uma outra forma de aliviar a dor do cliente. O fato de tirar o dinheiro da carteira e pagar a vista, faz com que a pessoa avalie a compra de forma mais cuidadosa, porém quando ele pode pagar em suaves prestações, ele já não avalia tanto e tende a comprar com mais facilidade.


4. Preço ancora ajuda a vender

Quando um cliente vai comprar um produto, ele tende a comparar o preço do produto comprado com outros produtos iguais ou semelhantes.

A Apple fez isso ao lançar o Iphone. Inicialmente o preço era em torno de 500 dólares. Para a decepção dos primeiros compradores o preço baixou para 200 dólares, o que fez a Apple vender mais de 1 milhão de aparelhos.

Quando eles lançaram com o preço alto, foi estabelecido a ancora, mas os clientes que não estavam sensíveis a dor, compraram. Depois que baixaram o preço, o cliente sensível a dor percebeu que tinha a oportunidade de fazer um grande negócio e também comprou.


5. Preço baixo e descontos exagerados podem atrapalhar

Preços baixos e descontos, são bons, mas em alguns casos eles atrapalham as vendas. O preço deve ser de acordo com o seu púbico alvo. Se o seu cliente entende que o preço normal de uma refeição é R$30,00 ele pode ter medo de comprar num restaurante cujo o almoço é R$ 10,00. Os consumidores, quando veem preços muito mais baixos do que viram antes, eles costumam pensar que a qualidade é inferior, ou que algum problema pode ter ocorrido para vender por um preço tão baixo.


6. Preços quebrados, vendem mais

É comum vermos preços como R$ 19,99 ao invés de R$ 20,00. Os clientes costumam enxergar o preço quebrado como mais preciso e correto e isso aumenta as vendas. Segundo os pesquisadores de Stanford, os preços de R$ 19,99 ou R$ 20,99, tem mais influência na mente do consumidor do que o preço de R$ 20,00.


7. Tenha um produto chamariz

Você tem um produto que deseja vender, então ofereça um produto similar, mas inferior com um preço um pouco mais baixo do que o produto que deseja vender. Seu cliente vai ser atraído por este produto chamariz, mas quando ele ver seu produto principal, ele vai comparar e perceber que vale mais a pena comprar seu produto principal, pois o produto principal tem mais vantagens e a diferença de preço não é tão grande.


Espero que tenha gostado das dicas de hoje, e se você tem uma empresa, um escritório ou se você é um profissional da área da saúde e quer mais resultados nas redes sociais, quer melhorar a gestão do seu negócio, quer vender mais ou quer simplesmente aprender mais sobre Empreendedorismo, Gestão, Marketing Digital, Branding e Organização Pessoal, tanto aqui no meu blog quanto no meu instagram e no meu canal do YouTube eu posto todos os dias alguma dica bem bacana como essa que você acabou de ler.


Mas se você não encontrar o que deseja, pode me mandar uma mensagem clicando aqui que eu farei questão de produzir um texto e um vídeo bem bacana para te ajudar.

#giulianomartini #gestaoemsaude #gestaodenegocios #mentoriadenegocios #socialmedia #perfilestrategico #planejamentopessoal #mktdigital #business #midiassociais #redessociais #conversao

0 visualização0 comentário