Lesão de SLAP (lábio superior da glenóide)

Atualizado: Jun 28

O que é a ruptura ou lesão do labro?

O labro é uma cavidade de tecido conectivo, em cuja extremidade se ligam os ligamentos do ombro, ligando e sustentando a cabeça do úmero (parte superior do braço) na cavidade da escápula.


Como ocorre?

O labro se rompe ao:

• Deslocar o ombro;

• Sofrer uma queda sobre o braço;

• Arremessar abruptamente o braço para frente;

• Usar o braço para impedir uma queda;

• Levantar objetos pesados;

• Praticar esportes em que os ombros realizem movimentos repetidos e em alta velocidade por cima da cabeça, tais como: tênis e arremesso de peso;

Quais são os sintomas?

• Dor no ombro e no braço ao realizar movimentos do braço por cima da cabeça;

• Fraqueza do ombro e do braço;

• Ruído de estalo ou rangido ao movimentar os braços;

Como é diagnosticada?

O médico fará um exame à procura de dor, rigidez, perda da movimentação ou frouxidão no ombro enquanto o paciente movimenta o braço em todas as direções.

O médico poderá pedir raios X para comprovar a existência de fratura.

Ele pode também recomendar uma Ressonância Nuclear Magnética (RNM)


Qual é o tratamento?

A fisioterapia é o tratamento inicial mais frequente. Se os sintomas não desaparecerem, é geralmente necessário realizar uma reparação cirúrgica.

Lesões extensas no labro precisam ser tratadas com cirurgia, as estruturas podem ser religadas ou retiradas, dependendo de cada caso. Caso haja tecido fibroso na região, ele também pode ser removido.

Quando as rupturas do labro são de pequena extensão, é simples evitar a dor, basta não praticar atividades desconfortáveis.

O tratamento pode incluir:

• Aplicação de compressas de gelo no ombro por três a quatro vezes ao dia;

• Medicação antiinflamatória;

• Exercícios para reabilitação (Fisioterapia) do ombro;


Quando retornar ao esporte ou atividade?

O objetivo da reabilitação é que o retorno do paciente ao esporte ou à atividade aconteça o mais breve e seguramente possível. O retorno precoce poderá agravar a lesão, o que pode levar a um dano permanente.

Todos se recuperam de lesões em velocidades diferentes e, por isso, para retornar ao esporte ou à atividade, não existe um tempo exato, mas quanto antes o médico for consultado, melhor.

O retorno ao esporte ou à atividade poderá acontecer quando:

• O ombro lesionado possuir total amplitude de movimentos, sem sentir dor;

• O ombro lesionado tiver recuperado força normal, comparado ao não-lesionado;

Em esportes de arremesso, esse movimento deve ser introduzido gradualmente. Isso significa, começar com arremessos leves e progredir para arremessos mais potentes.

Nos esportes de contato, o ombro não deve estar susceptível a dor quando tocado e o contato deve progredir de mínimo para máximo.

Como preveni-la?

Muitas lesões de labro são acidentais e por isso, não existe maneira de preveni-la, porém manter o ombro bem fortalecido e alongado pode evitar lesões nesta articulação.

28 visualizações

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate