DIFERENÇAS ENTRE O PILATES SOLO E DE APARELHOS - ALIVIE SUA DOR

O que é pilates solo?

Basicamente, o pilates solo é a prática da modalidade sem a ajuda de alguns aparelhos, como molas, cama e outros recursos que ajudam na precisão do movimento. Neste modelo, a realização do exercício depende exclusivamente da força do próprio corpo, que vem de dois centros de movimentos: o abdômen e a coluna lombar.


Como esse método depende exclusivamente da força do corpo para realizar os movimentos, um dos principais desafios na prática é vencer a gravidade. Ou seja, você precisa conseguir sustentar o peso corporal nos mais diferentes exercícios que vai ter que atuar contra a ação da gravidade. Essa força vem principalmente do “Power House” (ou “Casa de Força”), que é um conjunto de músculos profundos, em especial o transverso abdominal e os multífidos. Quando ativados, eles promovem uma maior estabilidade e sustentação para todos os movimentos que você precisa fazer. Por esses motivos, o pilates solo apresenta uma maior dificuldade. Afinal, ele exige uma consciência corporal ainda melhor, além de força, alongamento e equilíbrio. Durante esta modalidade, o acompanhamento profissional é essencial. Um movimento executado de maneira errada pode fazer com que o aluno tenha uma lesão grave. O pilates é uma atividade que conta com seis princípios que devem ser aplicados em todos os exercícios: concentração, fluidez, centralização, respiração, precisão e controle. São estas funções que vão permitir que você previna lesões e obtenha o máximo de benefícios possíveis.


Diferenças entre pilates solo e com aparelho

Agora que conhecemos o que é o pilates solo, já é o momento de descobrir todas as diferenças entre esse método e o de aparelhos. Com as informações em mãos, você consegue decidir qual é a opção que mais está de acordo com os seus objetivos. Geralmente, o pilates com aparelhos é feito com menos alunos, garantindo uma supervisão mais atenta. Além disso, como essa modalidade é melhor personalizada, ela é recomendada preferencialmente para quem sofre com alguma lesão ou patologia. Enquanto o pilates solo, em geral, é frequentado por pessoas que já tenham uma melhor capacidade física. Vamos conhecer outras diferenças entre esses dois métodos?


Esforço

Pilates solo: como os movimentos são feitos apenas com a força do corpo, essa modalidade exige muito mais esforço do praticante. Pilates com aparelhos: os equipamentos deste método são compostos por molas em sua estrutura básica. Essas molas podem ser usadas de duas maneiras diferentes: para reduzir o esforço que o aluno precisa fazer (já que ele ajuda a dar impulso ao movimento) ou o aumentar, oferecendo resistência ao praticante.


Para quem é iniciante

Pilates solo: apesar da gente ter comentado que o pilates solo é mais adequado para quem já possui capacidade física, qualquer um pode praticar, inclusive quem está começando. Por isso, procure por um estúdio especializado no exercício físico. Também é interessante que você faça uma avaliação prévia antes de começar o treino. Assim, o profissional que o examinar, conhece os seus objetivos e observa suas limitações físicas, para assim determinar um treinamento exclusivo. Pilates com aparelho: como esta modalidade exige um menor esforço físico, essa pode ser uma boa opção para quem está começando.


Para quem sofre com lesões

Pilates solo: dependendo do local onde se pratica o pilates solo, ele não é indicado para quem sofre com lesões. Por exemplo, quando a modalidade é feita em academias com grandes turmas, a supervisão de um profissional pode não ser constante o suficiente para garantir que você não execute um momento errado e prejudique ainda mais o trauma. Por outro lado, se o exercício é feito em um instituto de pilates especializado, em que o treino é supervisionado de perto, a prática não apresenta riscos para os lesionados. Aqui no Instituto Pilates, temos profissionais qualificados para cuidar dos mais variados tipos de lesões. Pilates com aparelhos: nos aparelhos é mais simples moderar a amplitude do movimento e a força aplicada pelas áreas lesadas.


Benefícios do pilates solo

Além dos benefícios tradicionais do pilates, essa modalidade também oferece algumas vantagens diferentes ao aluno. Vamos conhecer?

Para obter todos os benefícios, é importante que você execute todos os movimentos de acordo com os seis princípios do pilates.


Decidiu fazer Pilates?

Então, comece pelo início. Primeiro você precisa escolher um profissional totalmente comprometido com Pilates. É importante saber sua formação e suas qualificações. Faça uma visita ao studio escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente. Você precisa se sentir à vontade, pois a prática de Pilates tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também uma aula experimental. É a melhor forma de ter um primeiro contato com o Método Pilates, aprender como se respira e ver como alguns exercícios são realizados. Se procura por uma forma de exercício que ajude você a ter um corpo forte, flexível, mais uniforme e alongado, talvez esta seja a hora de iniciar suas aulas de Pilates.


E aí, gostou?

Que tal agendar uma aula experimental gratuita e conhecer melhor este método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA a sua aula experimental!


#drgiulianomartins #onefisioterapia #dornascostas #dornoquadril #artrosedejoelho #herniadedisco #dordecabeça #ciatico #artrose #dornojoelho #fibromialgia #dornoombro #pilates #quiropraxia #fisioterapia #pilatescuritiba #pilatesribeiraopreto

0 visualização

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate