MOCHILA E DOR NAS COSTAS - COMO EVITAR QUE SEU FILHO SOFRA COM DOR OU MÁ POSTURA?

Postura curvada, ombros inclinados, dor nas costas. Esses são sinais de que as crianças estão carregando muito peso na mochila e os pais devem ficar atentos. Carregar mochila mais pesada do que 10% do peso da criança pode causar dores e danos irreversíveis na coluna.



A mochila é um objeto bastante útil no transporte dos materiais escolares, entretanto, muitos estudantes acabam levando na mochila muito mais do que é necessário para aquele dia, o que gera um peso exagerado. Além disso, muitos carregam a mochila em apenas uma das alças, sobrecarregando apenas um lado do corpo, o que também é errado.

O recomendado é que o peso da mochila não ultrapasse 10% do peso corporal do indivíduo. Além disso, o ideal é que a mochila sempre seja composta por três pontos de apoio, uma alça em cada ombro e uma terceira alça que é usada para prender na cintura do estudante. Isso faz com que a coluna não seja sobrecarregada.


Não podemos nos esquecer ainda que a mochila com rodinhas é uma importante aliada nesse processo. Entretanto, quando o puxador não está bem ajustado, pode fazer com que ocorra a torção do tronco para carregá-la, o que também pode desencadear problemas. O ideal é ajustar o puxador em uma altura que permita que o indivíduo permaneça com os ombros nivelados, sem encurvar o corpo.


Para ajudar a evitar que seu filho sinta dores nas costas por causa da mochila, siga estas etapas simples abaixo.

Compre uma mochila que caiba no seu filho

A mochila deve caber no espaço entre a coluna cervical (pescoço) e lombar (parte inferior das costas). Essencialmente, é aqui que a coluna torácica e a caixa torácica estão localizadas. As alças devem ser largas ou estreitas o suficiente para caber no meio do ombro (não na ponta). Além disso, a mochila deve ser ajustável para permitir que seu filho cresça


Não carregue uma mochila com mais de 10% do peso corporal

Uma mochila nunca deve ser carregada com peso superior a 10% do peso de seu filho. Por exemplo, se seu filho pesa 30 quilos, a mochila não deve pesar mais que 3 quilos! Muitas vezes, as crianças podem encher demais as mochilas com livros, pastas e outros materiais escolares. Certifique-se de que o essencial está na mochila, para evitar dores nas costas ou rotinas posturais inadequadas.

Eduque seu filho sobre como usar uma mochila corretamente

A mochila deve ficar logo acima dos quadris e na área das nádegas e ser ajustada no meio das costas. Mostre ao seu filho como a mochila deve ficar e ensine-o a ajustar as alças. Algumas mochilas também têm uma alça na cintura. Esta alça é projetada para se ajustar confortavelmente sobre os quadris e NÃO na cintura. Esta cinta destina-se a ajudar a diminuir as cargas na coluna lombar.

Incentive a boa postura o tempo todo!

Se notar que seu filho está andando com má postura ou carregando muito peso, lembre-o de não fazer isso! Reforçar bons hábitos de postura é o primeiro passo para prevenir a dor lombar. Se seu filho começar a relatar dores nas costas, entre em contato com um fisioterapeuta para avaliar seu filho. Eles podem ajudar a determinar se mais testes ou profissionais de saúde devem ser envolvidos. Muitas vezes, corrigir a postura e fortalecer os músculos é a chave para reduzir a dor nas costas do seu filho.


Dica do Especialista

Tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #dornascostas, #dornoquadril, #lombalgia, #dornacoluna #herniadedisco, #dordecabeça, #ciatico, #artrose, #dornojoelho, #fibromialgia, #dornoombro, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #ribeiraopreto, #curitiba, #mochilapesada, #tratamentosemcirurgia

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate