SOFRENDO COM DOR? VEJA OS BENEFÍCIOS DO PILATES SOLO OU MAT PILATES

Antes de conhecer os benefícios pilates solo, é importante entender os princípios básicos desta atividade física. Estas regras têm como intuito melhorar tanto o nosso corpo, quanto a nossa mente, seja praticando o pilates solo ou nos aparelhos.



1. Concentração

É fundamental que durante o treino, toda a sua atenção esteja voltada em realizar o movimento da maneira mais precisa possível. Desta forma, você consegue obter todos os benefícios do exercício e ainda previne os músculos de possíveis lesões.


2. Controle

Também é importante ter o controle de todos os movimentos. Assim, a coordenação motora é aprimorada e você evita contrações musculares inadequadas ou indesejáveis.


3. Precisão

Essencial para garantir a qualidade do movimento e o realinhamento postural, a precisão consiste no refinamento do controle e equilíbrio de todos os músculos envolvidos na execução do exercício.


4. Centramento

No Pilates, chamamos o princípio de centramento de “Power House” ou “Centro de Força”, que é o ponto focal para o indivíduo ter o controle corporal. Este centro de força forma uma estrutura de suporte, responsável por sustentar a coluna vertebral e os órgãos internos. O fortalecimento desta musculatura permite a estabilização do tronco e um alinhamento com menor gasto energéticos nos movimentos.


5. Respiração

Para obter o melhor resultado possível, o controle da respiração é essencial. Respire corretamente ao mesmo tempo em que realiza o movimento, assim você favorece e incrementa a ventilação pulmonar, além de melhorar a oxigenação dos tecidos.


6. Movimento Fluído

São os movimentos que precisam ser feitos de maneira controlada e contínua, absorvendo os impactos do corpo com o solo e contribuindo para a manutenção da saúde corporal. Os exercícios de pilates podem ser divididos em duas categorias: os que são realizados no solo e envolve alguns acessórios, como bolas e faixas elásticas e os feitos em aparelhos com dispositivos que possuem molas e polias.


O que é pilates solo?

Basicamente, o pilates solo é a prática da modalidade sem a ajuda de alguns aparelhos, como molas, cama e outros recursos que ajudam na precisão do movimento. Neste modelo, a realização do exercício depende exclusivamente da força do próprio corpo, que vem de dois centros de movimentos: o abdômen e a coluna lombar. Como esse método depende exclusivamente da força do corpo para realizar os movimentos, um dos principais desafios na prática é vencer a gravidade. Ou seja, você precisa conseguir sustentar o peso corporal nos mais diferentes exercícios que vai ter que atuar contra a ação da gravidade. Essa força vem principalmente do “Power House” (ou “Casa de Força”), que é um conjunto de músculos profundos, em especial o transverso abdominal e os multífidos. Quando ativados, eles promovem uma maior estabilidade e sustentação para todos os movimentos que você precisa fazer. Por esses motivos, o pilates solo apresenta uma maior dificuldade. Afinal, ele exige uma consciência corporal ainda melhor, além de força, alongamento e equilíbrio. Durante esta modalidade, o acompanhamento profissional é essencial. Um movimento executado de maneira errada pode fazer com que o aluno tenha uma lesão grave. O pilates é uma atividade que conta com seis princípios que devem ser aplicados em todos os exercícios: concentração, fluidez, centralização, respiração, precisão e controle. São estas funções que vão permitir que você previna lesões e obtenha o máximo de benefícios possíveis.


Benefícios do pilates solo

Além dos benefícios tradicionais do pilates, essa modalidade também oferece algumas vantagens diferentes ao aluno. Vamos conhecer?

Para obter todos os benefícios, é importante que você execute todos os movimentos de acordo com os seis princípios do pilates.


Decidiu fazer Pilates?