A DOR PODE SE ESPALHAR? O QUE FAZER SE ISSO ACONTECER? COMO TRATAR?

A dor que começa em um lugar não necessariamente permanece lá. Com o tempo, a dor pode se espalhar, mudar, expandir ou irradiar de uma parte do corpo para outra, tornando o tratamento ainda mais desafiador. Uma maneira comum pela qual a dor se espalha para outras partes do corpo é por meio da compensação excessiva , onde começamos a mudar nossos padrões de movimento para compensar uma parte do corpo que está ferida ou machucada.

Um exemplo típico é uma dor nas costas causada por uma dor crônica no joelho ou pé.



Quando uma parte da perna, como um joelho ou pé, está cronicamente irritada, isso pode atrapalhar a mecânica normal do nosso corpo, o que pode causar claudicação ao caminhar.

Se esse padrão alterado de marcha continuar por um longo período de tempo, isso aumentará o estresse em outras partes do corpo que podem ter que trabalhar mais duro para compensar a fraqueza na perna.

Antes que você perceba, os músculos da região lombar começam a ficar tensos e doloridos e rígidos, e isso pode facilmente se espalhar para o quadril direito e até mesmo para a coluna vertebral e o pescoço. Dor adicional também pode vir da evitação , quando evitamos usar uma parte do corpo que está doendo.

Costumo ver isso ocorrer quando os pacientes desenvolvem dor persistente em uma mão ou ombro. Ao tentarem continuar fazendo suas tarefas normais em casa ou atividades no trabalho, recorrem principalmente à mão e ao braço opostos.


Essa dependência excessiva de um lado do corpo pode levar a um uso excessivo significativo e a novas dores.

Por exemplo, uma pessoa destra que desenvolve a síndrome do túnel do carpo com dor e dormência na mão direita pode, eventualmente, experimentar sintomas semelhantes na mão esquerda apenas por usá-la mais.

Também há algo conhecido como dor referida , e podemos ver isso ocorrer a partir dos "pontos-gatilho" do músculo dolorido.

Os pontos-gatilho ficam tensos e sensíveis quando você os pressiona, mas também podem causar dor referida que aparece em um local diferente.

Como muitos de nós gastamos muito tempo em computadores ou smartphones, os pontos de gatilho geralmente se desenvolvem ao redor do músculo trapézio, que é um grande músculo atrás do pescoço, parte superior das costas e omoplatas.


Em alguns casos, dores de cabeça, no maxilar, nos olhos e até mesmo no dedo anular foram atribuídas a pontos-gatilho no trapézio.

A irritação do nervo também pode causar dor referida.

A dor ciática é um exemplo clássico, em que uma protuberância ou hérnia de disco na parte inferior das costas pressiona um nervo, fazendo com que a dor atinja a parte de trás da perna.

Esse tipo de dor referida pode ser sentida como uma sensação de tiros elétricos que se irradiam pela perna.

A maneira como a dor é processada no cérebro também pode levar a uma disseminação dos sintomas no corpo. Dor nervosa intensa que surge de um braço ou perna lesionado pode começar a surgir em um braço ou perna diferente que não foi lesado. Ainda não está claro o que faz com que isso aconteça, mas a nova dor que surge no membro não lesionado pode imitar a dor no nervo original.

Como você pode ver, há uma série de maneiras pelas quais a dor pode se espalhar ou se mover pelo corpo. Em cada circunstância, quanto melhor compreendermos as causas, maior será a probabilidade de tratá-las com eficácia.


Rever como a dor é sentida com sua equipe de saúde pode fornecer dicas úteis.

Por exemplo, a dor muscular geralmente é dolorosa, latejante, espasmódica ou tensa, e se você começar a sentir isso em uma parte do seu corpo que não foi previamente ferida ou afetada, então há uma boa chance de que seja devido a algum tipo de músculo compensação excessiva.

Mas se o que você está sentindo for mais um choque, pontadas, queimação ou formigamento, isso provavelmente indica irritação do nervo, como um nervo comprimido de uma hérnia de disco nas costas.

Em muitos casos, restaurar a função e a atividade onde a dor começou pode ajudar a reduzir o estresse e a tensão em outras partes do corpo que ficam sobrecarregadas. Ouça seu corpo em busca de pistas para ajudar a guiar o processo.


ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.


Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins, #onefisioterapia, #crossfisio, #metodologiaone, #fibromialgia, #dornascostas, #herniadedisco, #dordecabeça, #ciatico, #pilates, #quiropraxia, #fisioterapia, #coluna, #dornojoelho, #dornoquadril, #dornoombro, #ribeiraopreto, #curitiba, #torcicolo, #dorcronica, #doraguda, #fisioterapiaesportiva, #cirurgiadecoluna, #dornopescoco, #quiropraxiaribeiraopreto, #fisioterapiaribeiraopreto, #pilatesribeiraopreto, #quiropraxiacuritiba, #fisioterapiacuritiba, #pilatescuritiba

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate