DOR AGUDA, DOR CRÔNICA E EDUCAÇÃO EM DOR. COMO TRATAR? DICAS, INFORMAÇÕES E MUITO MAIS!

Atualizado: Set 6

Educação em Dor

Todo mundo concorda que a dor é uma experiência humana universal. Agora sabemos que a dor é 100% do tempo produzida pelo cérebro, incluindo todo tipo de dor, seja ela aguda, maçante, forte, leve, e não importa há quanto tempo você pode ter (por semanas, meses, dias). Se Você teve por algumas semanas ou poucos meses, isso é chamado de DOR AGUDA, onde é comum o acometimento tecidos, por exemplo uma dor lombar ou uma entorse de tornozelo. Nesses casos você será encorajado a permanecer ativo com cuidados e, gradualmente voltar as atividades de vida diária, incluindo trabalho.



Por outro lado, quando a dor ocorre por três meses ou mais, ela é chamada de PERSISTENTE ou DOR CRÔNICA, porque nesse tipo de dor, o tecido não é o principal problema.

Dito isso, vou falar um pouquinho sobre como essa dor ocorre.

Ter um cérebro que se mantém reproduzindo a dor mesmo depois de os tecidos do corpo serem restaurados e deixados fora de perigo não é bom. Algumas pessoas dizem que algo está errado, mas param por ai. Uma vez que algo alarmante seja descartado, profissionais da saúde podem explicar porque a maioria das lesões (musculares, ósseas, ligamentares e de discos) podem ser curadas de 3 a 6 meses. De modo que a dor contínua produzida pelo cérebro é menos sobre mudanças estruturais no corpo e mais sobre a sensibilidade do sistema nervoso.


Para entender o que está acontecendo, é importante retreinar o cérebro e o sistema nervoso, olhando para todas as coisas que o afetam e podem estar contribuindo para a experiência individual de dor. O que pode ajudar é olhar a dor persistente em uma perspectiva ampla, usando abordagens estruturadas e traçando planos.



Começando pelo lado médico: em primeiro lugar, tomar medicamentos podem ajudar, mas apenas até certo ponto. As abordagens mais ativas que são necessárias para retreinar o cérebro. Então utilizar medicamentos para começar está tudo bem, podendo ser reduzidos e até interrompidos. Algumas pessoas também pensam que a cirurgia pode ser a melhor opção, mas quando se trata de um problema crônico, a cirurgia pode não ser opção para alívio das dores, as mantendo depois do procedimento.


Outro aspecto a se considerar é como seus pensamentos e emoções tem afetados sua dor no sistema nervoso. A Dor realmente impacta na vida das pessoas e isso pode ter um grande efeito no seu humor e nos níveis de estresse. Todos esses pensamentos e crenças são impulsos cerebrais, mas você pode aprender maneiras de reduzir o estresse e relaxar o sistema nervoso. Isso ajuda com bem-estar emocional e pode reduzir a dor!


A terceira área a se considerar é o estilo de vida e a dieta. Descobrimos que nosso estilo de vida moderno pode não ser tão bom pra nós, na verdade o que comemos e o modo como vivemos podem realmente ser fatores contribuintes para um sistema nervoso sensibilizado ou muito ativo com relação a dor. Olhando para todas essas coisas como: fumar, nutrição, álcool e níveis de atividade física é um bom começo e podem seguir seu plano.


Há um grande valor em explorar mais a fundo a dor envolvendo a história pessoal, dando um passo atrás e olhando para todas as coisas que estavam acontecendo no momento em que a dor iniciou. Muitas pessoas relacionam um período da vida preocupante e um quadro de agravamento da dor. O reconhecimento das emoções mais profundas podem fazer parte do processo de cura.



Por último, atividade física e função, da perspectiva do cérebro, sendo realizados em níveis confortáveis e sem medo, onde o cérebro não se protege pela dor e você restaurará gradualmente os tecidos do seu corpo assim como as funções.


Para resumir, a dor crônica pode vir do seu cérebro e pode ser retreinada. Quando examinada, de uma pessoa inteira ou perspectiva ampla, dá a você muitas oportunidades para começar. Então, peça ajuda se precisar, trace um plano, defina uma meta e comece!


Veja esse vídeo abaixo o Dr. Bruno explica mais sobre Educação em DOR



ATENÇÃO

Se você tem dor, NÃO se auto-medique sem saber a causa das suas dores.

Não existe medicamento mágico, pomada, massagem, técnica revolucionária, exercício único! Esqueça isso!

Não existe receita de bolo, ou seja, cada paciente precisa de um tratamento específico para seu caso e por isso uma avaliação é fundamental!

Outra coisa, você pode até fazer um exame, mas não acredite em tudo que vai ler!

Leve este exame a um bom profissional que saiba ler e interpretar bem o laudo, mas faça PRINCIPALMENTE uma boa Avaliação Física utilizando testes Ortopédicos e Neurológicos com embasamento Científico! Só assim você vai tratar o que de fato te causa dor!


No passado as pessoas eram obrigadas a sofrer, pois estas patologias não tinham cura e nem TRATAMENTO. Mas as pesquisas e estudos avançaram e HOJE a Fisioterapia já está conseguindo ajudar a ELIMINAR as dores.


Aqui na clinica (ONE FISIOTERAPIA), realizamos esse processo e estamos colhendo muitos DEPOIMENTOS de pacientes que estão ficando cada vez mais satisfeitos com os resultados.

Clique AQUI para ver os depoimentos.

Está sofrendo com dor?

Então, comece pelo início.

Primeiro você precisa de um profissional totalmente comprometido com a metodologia. É importante saber sua formação e suas qualificações.

Faça uma visita ao Instituto escolhido para ver como se sente, se gosta do ambiente.

Você precisa se sentir à vontade, pois a sessão do Tratamento tem a ver não só com o bem-estar físico, mas também mental.

Marque também um Tele-atendimento. É a melhor forma de ter um primeiro contato com a técnica e o Especialista que irá lhe atender e mostrar seus exames, contar um pouco da sua história, das suas queixas, dos tratamentos que já realizou e não obteve sucesso e tirar TODAS as suas dúvidas.

Que tal agendar um Tele atendimento GRATUITO e conhecer melhor nosso método?

Acesse nosso site clicando aqui e agende AGORA seu atendimento!

#drgiulianomartins #onefisioterapia #gestaoemsaude #crossfisio #metodologiaone #fibromialgia #dornascostas #herniadedisco #dordecabeça #artrose #tendinite #ciatico #pilates #quiropraxia #fisioterapia #coluna #joelho #quadril #ombro #ribeiraopreto #curitiba #covid #dorcronica #doraguda #educacaoemdor #fisioterapiaesportiva #cirurgiadecoluna

CONTATO

Ribeirão Preto

Rua José Jaime Delibo, 160
CEP 14026-563 - Jardim Nova Aliança

Ribeirão Preto/SP

Curitiba

Av. Silva Jardim, 3161
CEP 80240-021 - Bairro Água Verde - Curitiba/PR

Qual unidade gostaria de falar ?

© 2020 por ONE Fisioterapia. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Onegate