QUAIS OS SINTOMAS DO COVID-19 (CORONAVIRUS)

Atualizado: 20 de Ago de 2020

Muita gente me pergunta se o Covid- 19 causa dor nas costas.

E o que eu explico é o seguinte: as dores nas costas não estão na lista da OMS como um sintoma oficial da Covid-19, mas, como dia após dia, novos sintomas passam a ser atribuídos a esta doença, a gente vem percebendo um crescimento das buscas por esse termo na internet.

Então vem a pergunta. Por que estou com dor?

Caso você seja alguém que não tinha esses sintomas antes da pandemia e esteja trabalhando em casa, em “home office”, a mudança de rotina, nesse caso, pode ser o causador da dor nas costas. Outra causa muito comum é o stress. O stress devido à ansiedade que todos nós estamos vivenciando devido à esta pandemia, ele pode contribuir muito para o surgimento de dores nas costas.

A busca pelas palavras “dor nas costas” bateram recorde de busca no Google.

Um aumento de 76% durante a quarentena.

Já um estudo da FIOCRUZ aponta que as queixas de dores nas costas aumentaram em 40%, e 50% das pessoas que já tinham dor, tiveram agravamento das suas dores.

Isso, como ja dito acima, se deve ao fato da mudança repentina do local de trabalho ao formato home office e aulas à distância!

O uso de cadeiras inadequadas, sentar-se incorretamente, passar muito tempo à frente do computador e o sedentarismo na quarentena estão por trás do desconforto.

E o futuro próximo não trará mudanças significativas.

O home office tende a ser mantido, assim como as aulas online. Por isso, é importante saber o que você pode fazer para se prevenir.

Embora pareça difícil mudar o quadro atual desta pandemia, nós podemos tomar algumas precauções para evitar e inclusive aliviar essas dores.

Quer saber como EVITAR estas dores? CLIQUE AQUI!


O que é COVID-19

Os coronavírus são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos. Raramente, os coronavírus que infectam animais podem infectar pessoas, como exemplo do MERS-CoV e SARS-CoV. Recentemente, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus (SARS-CoV-2), o qual foi identificado em Wuhan na China e causou a COVID-19, sendo em seguida disseminada e transmitida pessoa a pessoa.

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais aproximadamente 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

Fonte: Site Ministério da Saúde - https://coronavirus.saude.gov.br/


Quais são os sintomas

Os sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG (presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada a dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza) até uma pneumonia severa. Sendo os sintomas mais comuns:

  • Tosse

  • Febre

  • Coriza

  • Dor de garganta

  • Dificuldade para respirar

  • Perda de olfato (anosmia)

  • Alteração do paladar (ageusia)

  • Distúrbios gastrintestinais (náuseas/vômitos/diarreia)

  • Cansaço (astenia)

  • Diminuição do apetite (hiporexia)

  • Dispnéia ( falta de ar)

Fonte: Site Ministério da Saúde - https://coronavirus.saude.gov.br/


Como é transmitido

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de:

  • Toque do aperto de mão contaminadas;

  • Gotículas de saliva;

  • Espirro;

  • Tosse;

  • Catarro;

  • Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, talheres, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.