OS PERIGOS DE COMPRAR LISTAS DE EMAIL

Muitas pessoas pensam que comprar listas de email é uma forma efetiva de começar uma estratégia de email marketing. No entanto, esta é uma prática que só vai causar prejuízo para você.

Para mostrar o quanto a compra de uma lista de email pode ser prejudicial para suas ações, vamos falar sobre:

  • Porque comprar listas de email é prejudicial;

  • Como funcionam os filtros anti-spam;

  • Dicas para criar sua lista de emails de forma ética;

  • Como fazer a gestão de leads.

Então, acompanhe!



Porque comprar listas de email é prejudicial

Quando você compra uma lista de emails para tentar promover a sua marca, deixa de respeitar um dos princípios básicos de qualquer ação de marketing: o interesse do público.

Ou seja: você “ganha” muitos contatos, mas perde significativamente em engajamento.

Em resumo, esta é uma prática não recomendada e, ao comprar listas de email e enviar mensagens para este público, você está fazendo spam.


“Mas e se eu comprar uma ou outra lista?”

Além de fazer com que você perca tempo, mandar e-mails para o que chamamos de base suja, pode impactar negativamente o desempenho de suas campanhas de marketing, pois os softwares de envio de e-mails compreenderá que você está enviando spam para as pessoas


Imagine que chegue na porta da sua casa diversos vendedores ao longo do dia, oferecendo produtos que você não está nem um pouco interessado e ainda por cima sabem o seu nome! Além de ser errado, é uma prova bem clara de falta de privacidade. Então me diz: quais as chances de você comprar um produto na mão daquele vendedor chato e que você não conhece a procedência?


Como funcionam os filtros anti-spam

Além de mensagens comerciais que não foram solicitadas, também podem ser considerados spam aqueles emails que tem como objetivos simplesmente afetar o aparelho do destinatário com algum tipo de vírus.

Os provedores de email contam com recursos para rejeitar mensagens indesejadas ou, em alguns casos, direcioná-las para a caixa de spam. Boa parte desses provedores possuem filtros anti-spam, que analisam do que é ou não um conteúdo confiável.

No Gmail, por exemplo, é analisado o comportamento dos destinatários com mensagens que receberam anteriormente e até mesmo quais buscas foram realizadas recentemente no Google.

A Microsoft (Hotmail, Outlook, Live, MSN e outros), avalia o número de mensagens que um determinado email envia para endereços que não existem mais, quantidade de denúncias de spam e o percentual de contatos que interage com as mensagens enviadas.

Portanto, contar com o interesse das pessoas em receber suas mensagens é essencial para evitar uma denúncia de spam.


Dicas para criar sua lista de emails de forma ética

Criar uma lista de contatos não é uma tarefa simples. Na verdade, se trata de algo que você vai fazer ao longo do tempo, criando novas ações para atrair mais público e, é claro, garantir que essas pessoas sigam engajadas com a sua marca.


Veja a seguir algumas dicas que podem ajudar você a atrair pessoas realmente interessadas no seu produto e abrir mão de comprar listas de email!

  • Landing pages com foco na conversão;

  • Formulários no site;

  • Captação de leads nas redes sociais;

  • Marketing de referência.

Espero que tenha gostado das dicas de hoje, e se você tem uma empresa, um escritório ou se você é um profissional da área da saúde e quer mais resultados nas redes sociais, quer melhorar a gestão do seu negócio, quer vender mais ou quer simplesmente aprender mais sobre Empreendedorismo, Gestão, Marketing Digital, Branding e Organização Pessoal, tanto aqui no meu blog quanto no meu instagram e no meu canal do YouTube eu posto todos os dias alguma dica bem bacana como essa que você acabou de ler.


Mas se você não encontrar o que deseja, pode me mandar uma mensagem clicando aqui que eu farei questão de produzir um texto e um vídeo bem bacana para te ajudar.

#giulianomartini #gestaoemsaude #gestaodenegocios #mentoriadenegocios #socialmedia #perfilestrategico #planejamentopessoal #mktdigital #business #midiassociais #redessociais #altaperformance

0 visualização0 comentário