COMO EVITAR LESÕES NO CROSSFIT?

A palavra chave da prevenção de lesões musculoesquelética se chama educação.

A Fisioterapia do Esporte previne de forma eficaz as lesões que comprometem os músculos e articulações.

Esse conhecimento eficiente é baseado na educação: educação sobre as causas, educação sobre o exercício específico preventivo e curativo, sobre a postura e, principalmente, educação sobre prevenção eficaz realizado no dia a dia do atleta, e não somente no seu treino.


A origem da maioria das dores musculoesqueléticas.

A maioria das dores musculoesqueléticas é de origem mecânica / física, ou seja, provocada por um movimento ou posição, aplicado anos nos músculos e articulações.

As disfunções musculoesqueléticas têm como característica principal a restrição e a perda da qualidade dos movimentos, podendo esta condição, aparecer ou não com sintomas (dores, queimação, formigamento, cãibra, dormência, cansaço, perda de força, etc.) na coluna, quadril, pernas, omoplatas, ombros e braços.

O encurtamento muscular é uma disfunção musculoesquelética importante. O encurtamento muscular é um sinal de alerta para incidência de lesões nos músculos e articulações. É preciso descobrir o que está por trás dessa disfunção musculoesquelética e fazer a correção, e não somente alongar o segmento muscular e articular.

O que é preciso saber sobre o CrossFit.

O CrossFit é um programa de treinamento físico, com movimentos funcionais, constantemente variados, e realizados em alta intensidade. O CrossFit pode ser considerado um esporte e o seu treinamento o credencia para receber os cuidados dados a atletas de grandes competições do esporte, como levantamento de peso ou ginástica olímpica, por exemplo.

Muitos especialistas são enfáticos em destacar à necessidade de uma avaliação Médica e de Fisioterapia, antes de se iniciar qualquer atividade física e, no caso do CrossFit, chamam atenção para a função dos treinadores diante das limitações dos seus alunos.

Toda pessoa que iniciar um treinamento físico deve fazer uma avaliação médica e de fisioterapia, para assegurar que o atleta possa praticar o seu treino sem correr riscos a sua saúde.

Não existe nenhum caso de doença ou disfunção musculoesquelética relacionado ao CrossFit relatado cientificamente.

O CrossFit é Seguro?

O CrossFit é seguro por que respeita as características individuais na sua prática, como deveria ocorrer em todo o esporte e treino de condicionamento físico.

A carga adequada no treinamento muscular, o número correto de repetições e séries, a frequência dos exercícios, duração e intensidade, são essenciais para que se alcance os resultados desejados em qualquer esporte, em especial, no CrossFit.

A prática segura em qualquer esporte envolve um profissional qualificado para fazer a avaliação física, prescrever os exercícios e dar as orientações necessárias para o aluno.

Um programa de treinamento físico em grupo precisa ser bem acompanhado pelo treinador, para preservar a individualidade de cada aluno, na realização dos movimentos funcionais, de carga e de alta intensidade.

É importante que o Educador Físico acompanhe o aluno de perto, ajudando-o a respeitar os seus limites.

Não existe até hoje nenhuma doença relacionada ao CrossFit, somente alguns casos relatados nos Estados Unidos.

Os estudos existentes sobre as lesões provocadas pela “prática” do CrossFit não se sustentam pelas evidências científicas. São necessários mais estudos para a compreensão dessa problemática, mas, sem sombras de dúvidas, o desenvolvimento de estratégias de prevenção de lesões se faz necessário em toda prática de atividade física.

A Fisioterapia do Esporte ajuda o praticante do CrossFit na melhora do desempenho do seu treinamento, e possibilita descobrir, prevenir e/ou tratar uma disfunção musculoesquelética no início ou antiga.

A prevenção das lesões musculoesquelética, associada à identificação da disfunção musculoesquelética no início de um programa de treinamento muscular, vai manter o aluno na sua prática de exercício, bem como, melhorar o seu rendimento e o seu desempenho.

A prática de um treinamento físico não é a principal causa das dores musculoesqueléticas em alunos ou atletas que fazem a musculação, treino funcional, Pilates, Ginástica ou CrossFit.

Existe dois fatores de riscos para as lesões musculoesquelética na prática do CrossFit, um intrínseco e o outro extrínseco. O intrínseco está relacionado à força, flexibilidade, rigidez ou uma disfunção musculoesquelética antiga e não tratada corretamente. O extrínseco está relacionado à intensidade do treino, ao exercício funcional, a recuperaçã